Quando falamos sobre doenças bucais, imediatamente lembrarmos da cárie. No entanto, por mais que ela seja a mais comum, a falta de cuidado com a higiene bucal pode acarretar em diversos outros problemas.

Veja as cinco doenças bucais que, além da cárie, figuram na lista de mais comuns entre as pessoas.

Halitose

O mau hálito também é considerada uma doença bucal. A halitose pode ser ocasionada por má escovação dos dentes e da língua, com o acumulo de bactérias e restos de alimentos. O mau hálito também pode estar ligado com o tabagismo, alcoolismo, infecções bucais ou problemas estomacais, mas é recomendado a procura por um profissional da área para que seja diagnosticada a causa.

É estimado que a doença atinja quase 30% da população brasileira. São 58 milhões de brasileiros com o problema, sendo 90% de origem bucal.

Gengivite

A inflamação na gengiva é uma consequência da placa bacteriana, causada pelo acumulo de bactérias e restos de alimentos nos tecidos gengivais. Os sintomas são sensibilidade, vermelhidão, inchaço e sangramento. Em casos avançados de gengivite, a doença também pode gerar uma halitose.

É muito importante dar a devida atenção para a doença. Segundo estudo publicado em julho de 2017 na revista médica “Cancer Epidemiology, Biomarkers and Prevention”, mulheres com gengivite na menopausa têm 14% mais chances de desenvolver um câncer.

Placa Bacteriana

Início da cárie, halitose e gengivite, a placa bacteriana é uma película viscosa e sem cor ao redor dos dentes, que aproveitam os restos de alimentos para retirar os nutrientes e se desenvolver.

A doença tem como sintoma a formação de uma grossa camada nos dentes, dor de dente e retração na gengiva.

Periodontite

De acordo com pesquisa feita pelo IBGE, em 2013, 41,5% das pessoas acima de 60 anos já perderam os dentes. Uma das principais causadoras da perca de dentes é a periodontite.

O aumento na sensibilidade e o sangramento são os principais sintomas da doença que, a longo prazo, causa a queda de dentes. Geralmente sua antecessora é a gengivite que, se não for tratada, evolui para periodontite.

Afta

Geralmente surgidas na língua ou nas paredes internas da boca, as aftas são feridas dolorosas na boca. Elas são consequência de pequenas lesões na boca, que as células de defesa interpretam como bactéria e as ataca. Seus sintomas são ardor, coceira, vermelhidão e dor no local.

E aí, se interessou em entender um pouco mais sobre os dentes?  A Unimep oferece graduação em Odontologia. Conheça mais sobre o curso e invista no seu futuro!

Leia também

Cadastre-se para receber nossos informes e newsletters!