A obesidade não é um problema que afeta apenas seres humanos. O número de cães e gatos obesos tem crescido cada vez mais e é uma das doenças mais comuns nas clínicas veterinárias.

Assim como nos humanos, a má alimentação, sedentarismo e até mesmo a genética são alguns dos fatores que favorecem o desenvolvimento da obesidade nos pets.

Com a obesidade, os animais podem ter diabetes, a Síndrome de Cushing (hiperadrenocorticismo), doenças nas articulações que dificultam a movimentação do animal, tumores e problemas cardiorrespiratórios.

Veja três dicas de como evitar a obesidade no seu pet:

– Alimente-o corretamente

Uma boa alimentação é a base de tudo. Desde filhote, evite dar comida humana para o animal e dê guloseimas com moderação. Além disso, controle a quantidade de ração que você dará ao seu pet diariamente.

– Leve-o para passear

Assim como nós, os pets também precisam fazer exercícios físicos. Uma boa caminhada e brincadeiras constantes com o seu bicho, além de animá-lo, também irão mantê-lo em forma. É estimado que a atividade física consuma entre 10 e 30% do gasto calórico.

– Leve-o a um médico veterinário regularmente

É sempre bom manter a calma e verificar constantemente a situação do seu pet. Além de ajudar a prevenir a obesidade do seu animal, a medida também poderá evitar demais problemas de saúde.

Gostou das dicas? Quer se aprofundar nos cuidados e saúdes dos animais? Conheça o nosso curso de Medicina Veterinária.

Leia também

Cadastre-se para receber nossos informes e newsletters!