Princípios de Epigenética na área animal e vegetal

por Jéssica Rodrigues dos Santos publicado 28/04/2017 16h59, última modificação 28/04/2017 16h59

epigeneticosProfessor: Prof. Dr. Fabio Tebaldi Silveira Nogueira

Carga Horária: 20 horas

Encontros: 26 a 30/06

Horário: 19h às 22h

Investimento: R$ 280,00 

Local: Campus Taquaral - Unimep 

 

 

APRESENTAÇÃO

Epigenética é definida como modificações do genoma, as quais são herdáveis durante a divisão celular e que não envolvem mudanças na sequência do DNA. Os mecanismos epigenéticos são reversíveis e herdáveis, podendo ser transmitidos após vários ciclos de replicação celular e englobam os processos de metilação de DNA, modificação de histonas e interferência por RNA. Mecanismos epigenéticos atuam para mudar a acessibilidade da cromatina para regulação transcricional pelas modificações do DNA e pela modificação ou rearranjo de nucleossomos. Estes mecanismos são componentes críticos no desenvolvimento normal e no crescimento das células. A regulação epigenética de vários genes colabora com as alterações genéticas observadas no desenvolvimento de doenças humanas, como câncer. Além disso, o conhecimento dos mecanismos epigenéticos pode contribuir para o melhoramento de culturas de importância agronômica.

 

OBJETIVOS

A proposta do curso é abordar os conceitos básicos de epigenética a seu papel no processo adaptativo, evolutivo e na memória do ambiente em plantas e animais. Além disso, no curso pretende-se abordar possíveis aplicações práticas do conhecimento dos mecanismos epigenéticos, tanto na área animal como na área vegetal.

 

PÚBLICO-ALVO

Alunos de graduação e pós-graduação da área biológica e/ou correlata.

 

PRÉ-REQUISITO

Genética Básica, Biologia Molecular e Biologia Celular.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 

- Princípios básicos da biologia molecular, gene e genoma: definição,
estrutura, evolução e regulação;
- Histórico do conhecimento dos conceitos básicos de epigenética;
- Conceitos básicos de epigenética e marcas epigenéticas;
- Mecanismos epigenéticos: uma relação estreita com pequenos RNAs e
transposons;
- Epimutação e epigenoma: o papel da epigenética no processo adaptativo e
evolutivo e a memória do ambiente;
- Possíveis aplicações dos conceitos de epigenética na área animal e vegetal;
- Projetos de pesquisa em epigenética.

 

METODOLOGIA

Aulas expositivas

 

CORPO DOCENTE 

Prof. Dr. Fabio Tebaldi Silveira Nogueira
Titulação: Doutorado
Instituição: ESALQ/USP
Atuação Profissional/Acadêmica: professor doutor

1) Formação acadêmica/titulação:
- Doutor em Genética e Biologia Molecular (Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Campinas, SP, Brasil). 2004
- Mestre em Ciências Agrárias (Fisiologia Vegetal) (Universidade Federal de Viçosa, UFV, Viçosa, MG, Brasil). 1999
- Graduado em Engenharia Agronômica (Universidade Federal de Viçosa, UFV, Viçosa, MG, Brasil.). 1995
2) Pós-doutorado:
- Pós-doutor em Genética Molecular (Cold Spring Harbor Laboratory, CSHL, Nova York, Estados Unidos.). 2008
3) Atuação Profissional:
- Professor Doutor (área Fisiologia e Desenvolvimento Vegetal ) na ESALQ/USP desde 2014;
- Professor Doutor (área Genética) na UNESP (Botucatu) de 2010-2014;
- Jovem Pesquisador FAPESP na ESALQ/USP de 2008-2010
4) Produção científica:
- Desenvolve projetos nas áreas de epigenética e desenvolvimento vegetal.
- Publicou 34 artigos em revistas indexadas, sendo 15 nas áreas de Epigenética e Desenvolvimento Vegetal. Fator H: 14.
- Publicou 7 capítulos de livro, sendo 5 nas áreas de Epigenética e Desenvolvimento Vegetal.
- Ministrou 30 palestras, sendo 27 nas áreas de Epigenética e Desenvolvimento Vegetal.
- Participou como organizador do primeiro simpósio sobre microRNAs no Brasil (http://microrna2012.weebly.com/).
5) Outras informações:
- Presidente da Comissão Interna de Biossegurança (CIbio) do Instituto de Biociências (IB)-UNESP, Botucatu, SP. (Mandato Dez/2011 a Dez/2013);
- Membro Suplente da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNbio), Brasília, DF (Mandato Mar/2014 a Mar/2016).
- Membro titular da Comissão de Ética Ambiental na Pesquisa (CEAP), ESALQ/USP (2016-2018);