Você está aqui: Página Inicial / Acontece / Notícias Acontece / Carreira e Muito Mais – Cuidados com a voz

Carreira e Muito Mais – Cuidados com a voz

por Angela Rodrigues publicado 07/04/2017 18h45, última modificação 04/01/2018 14h09

Regina afirma que “o professor precisa ser favorecido em oportunidades para se ater ao próprio corpo, à sua saúde e aos processos que envolvem a linguagem, a corporeidade e a expressividade nas relações comunicativas e interações profissionais; e para identificar e transformar os fatores que neles intervém, decorrentes da qualidade de vida e das condições em que o trabalho docente se desenvolve”.

Em entrevista ao Acontece Unimep, a docente Regina Zanella Penteado também contextualiza sobre os resultados que algumas práticas podem acarretar à voz. Confira:

Beber água gelada: “O consumo de alimentos gelados provoca vasoconstrição e diminui o aporte sanguíneo nas esturturas musculares da laringe e das pregas vocais e isso, para algumas pessoas, pode ter efeitos negativos na qualidade da voz”.

Permanecer em ambientes com ar-condicionado: “O ar condicionado pode provocar ressecamento da mucosa nasal e laríngea, além do problema de aparelhos sem limpeza frequente dos filtros, o que pode acarretar em proliferação de sujeira e ácaros causadores de alergias e predisponentes de processos irritatórios e inflamatórios das vias aéreas superiores. O professor está sujeito aos efeitos das mudanças de temperatura nos espaços e tempos em que o trabalho docente é desenvolvido. A sensibilidade e os efeitos são individuais, para o que se deve estar atento na circulação e nos diversos ambientes de trabalho”.

Alimentação: “Uma alimentação equilibrada e leve, com consumo variado de vegetais, frutas e verduras é benéfica à saúde geral e à imunidade. A maçã é uma opção prática de lanche, dentre muitas outras”.  

Exercícios vocais: “Os exercícios vocais configuram uma das formas de cuidado, entretanto demandam orientação e acompanhamento prático fonoaudiológico, uma vez que exercícios realizados de modo equivocado podem ser prejudiciais”.

 

Texto: Angela Rodrigues 
Coordenação: Celiana Perina
Fotos: banco de imagens
Última atualização: 26/04/2017