Você está aqui: Página Inicial / Acontece / Notícias Acontece / Professores vão a Tocantins em operação do projeto Rondon

Professores vão a Tocantins em operação do projeto Rondon

por Angela Rodrigues publicado 28/01/2016 05h00, última modificação 28/09/2016 18h42

Os docentes Paulo Roberto Botão, coordenador do curso de jornalismo, e Fábio Baccin Fiorante, da Faculdade de Ciências da Saúde são, respectivamente, o docente coordenador e o docente adjunto que acompanharão oito alunos da Unimep na próxima operação da Unimep para o projeto Rondon. A iniciativa ocorre em janeiro do próximo ano e será realizada no município Novo Acordo, em Tocantins.

Botão, que participa pela primeira vez do projeto Rondon, fará a viagem precursora ao município em outubro. Além disso, até o próximo dia 14, ele e o prof. Fábio Fiorante prosseguem com as entrevistas para a seleção dos universitários que irão participar da operação.

Coordenado pelo Ministério da Defesa, o Rondon é um projeto de integração social que envolve estudantes universitários na busca de soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes e ampliem o bem-estar da população. 

A Unimep participa da iniciativa desde a década de 1980, por meio do Núcleo de Estudos e Programas em Educação Popular (Nepep), e da Coordenação de Extensão e Assuntos Comunitários. Segundo conta Márcia Lima Vieira, coordenadora de projetos de extensão do Nepep, o setor responde pelos projetos realizados fora do Estado de São Paulo como o projeto Rondon, o programa Universidade Solidária (da década de 90) e o Unimep na Comunidade, que é uma iniciativa da própria instituição.

“Apenas nos projetos em parceria com o Ministério da Defesa já estivemos em praticamente em todos os estados das regiões nordeste e norte, inclusive Acre, Amapá, Pará, Amazonas, Piauí, Maranhão, Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraíba”, afirma Márcia. Ela acrescenta também que essas iniciativas compõem um dos diferenciais da Unimep, pois “o oferecimento de vários programas, projetos e ações vão formando o aluno extensionista ao longo do seu processo na graduação”.

Texto: Angela Rodrigues
Edição: Celiana Perina
Fotos: acervo
Última atualização: 28/09/2016