Você está aqui: Página Inicial / msg / comunicados / 2020 / portarias / anexos / Notícias Americano / Estudantes do Americano recebem prêmio no IX Fórum Fapa

Estudantes do Americano recebem prêmio no IX Fórum Fapa

por Colégio Metodista Americano — publicado 06/11/2010 13h03, última modificação 17/06/2020 18h21
Projeto “Iniciação à robótica: ciência ao alcance de todos” venceu a Mostra de Experiências de Jovens Pesquisadores
O conhecimento construído no Colégio Metodista Americano, que já acumula mostras de sua excelência, foi mais uma vez reconhecido. O projeto “Iniciação à robótica: ciência ao alcance de todos” foi premiado no IX Fórum FAPA, como vencedor da Mostra de Experiências de Jovens Pesquisadores. A cerimônia de entrega dos certificados de distinção ocorreu neste sábado (6/11), na Faculdade Porto-Alegrense.

Os(as) alunos(as) Antônio Pretto Saldanha, Marco Antônio Húmia Dórrio, Mariana Costa Leite e Lorenzo Costa Kupstaitis representaram o projeto, sob coordenação do professor Jóse Ramiro Maciel. A vice-diretora da Educação Básica, Perpétua Maria da Silva, prestigiou a premiação.

No ano passado, o grupo de robótica já havia recebido menção honrosa no 4º Salão UFRGS Jovem. No mesmo evento, o Americano conquistou ainda outra menção pelo trabalho “Entre a revolução e a alienação: um estudo de cultura política na escola”, e foi destaque com o “Coletor Solar”. Em 2010, no 5º Salão, a escola repetiu a dose e os projetos “Conhecendo Diferentes Compositores, Instrumentos, Sons e Histórias através da Música”, inscrito pela aluna da Educação Infantil, Manuela Crespo, e o “Fogão Solar”, de Pedro de Lima, receberam a medalha de destaque, o maior prêmio do evento.

O professor Ramiro, que orienta os projetos do fogão e do coletor solares, além da iniciação à robótica, comemora as conquistas que considera como o reconhecimento pelo trabalho feito com qualidade e dedicação. “Em todos os eventos que apresentamos esses projetos, outros professores(as) nos procuram para saber como implantar algo do gênero em suas escolas. É uma oportunidade para que cada vez mais pessoas participem e apóiem o desenvolvimento da ciência”, afirma.

Ramiro explica que os trabalhos servem também para mostrar que o conhecimento científico não é nada de outro mundo. Os projetos são desenvolvidos com materiais de fácil acesso para qualquer um, como garrafas PET, palitos de madeira, elásticos e isopor. “É uma ideia executada de forma extremamente simples, mas que funciona. Melhor do que qualquer prêmio é ver o brilho no olho de uma criança que olha o trabalho e pensa: eu posso fazer isso também”, explica.

CONHEÇA OS PROJETOS

Iniciação à robótica
A proposta do projeto é criar objetos capazes de realizar movimentos, utilizando materiais simples e de fácil acesso. Os alunos aplicam os conhecimentos em física para construir carrinhos de isopor que se movimentam por meio da força motriz produzida por elásticos, balões, entre outros utensílios.

Coletor Solar
O professor Ramiro explica que a ação começou com o estudo de energias alternativas, que passou para a fase da construção da “casa inteligente”, projeto de onde foi tirado e ampliado o coletor solar.

A peça consiste em um painel feito com materiais recicláveis para aproveitar a luz solar no aquecimento de água. Cada módulo é montado com 60 garrafas pet, 50 caixas de leite longa vida e canos de PVC que são ligados à caixa d’água de uma residência, por exemplo. O painel capta a radiação solar que fica aprisionada nas garrafas pet e forma o efeito estufa. A água que circula nos canos se aquece ao passar pela placa e sobe por convecção para a caixa d,água. Após ser utilizada, água, já fria, desce por gravidade, retorna para o painel que aquece novamente e completa o ciclo.

Cada módulo serve para aquecer a água utilizada por até duas pessoas, conforme o consumo. O sistema não elimina o uso da eletricidade convencional, mas, segundo o professor Ramiro, reduz em cerca de 30% o consumo mensal. A idéia agora é que a peça seja produzida em larga escala para poder ajudar comunidades carentes a economizar energia.

Fogão Solar
O “Fogão Solar” é uma invenção portátil. Ele pode ser levado a acampamentos e não necessita de botijões de gás. Por meio de direcionamento dos raios solares ele pode, dependendo das condições, manter uma temperatura suficiente para assar um churrasco.

Conhecendo Diferentes Compositores, Instrumentos, Sons e Histórias através da Música
É uma atividade na qual é escolhido um compositor e as crianças esmiúçam as músicas dele a ponto de identificar os tons agudos, graves e interpretarem o que eles querem dizer.

Entre a revolução e a alienção: um estudo de cultura política na escola
Em 2009, um grupo de seis alunos aplicou uma pesquisa para obter indicadores quanto à cultura política dos(as) jovens.

Assessoria de Imprensa
Colaboração e fotos: Carlos Ismael Moreira