Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 - Ano Internacional dos Profissionais da Enfermagem

2020 - Ano Internacional dos Profissionais da Enfermagem

por Angela Rodrigues publicado 14/05/2020 05h00, última modificação 14/05/2020 17h09

Por definição, o verbo “cuidar” significa: “ponderar, reparar, prestar, cogitar”. Entretanto, a simplicidade de todas as denominações referidas pelo verbo é insuficiente para representar, de fato, o real significado prático desta palavra, especificamente quando relacionada ao trabalho dos profissionais de Enfermagem.

Historicamente, o “cuidado” já transitou por diversas esferas: curandeiras com a utilização de plantas e ervas medicinais, receitas transmitidas oralmente e hereditariamente, serviços prestados por instituições religiosas à comunidade e até como modalidade de punição para àqueles que contrariavam as regras da sociedade no passado.

Todavia, o “cuidado” somente foi considerado como uma das infinitas modalidades científicas a partir das práticas exercidas pela enfermeira Florence Nightingale, considerada a precursora da Enfermagem Contemporânea, e que prestou atendimento aos soldados militares na Guerra da Criméia, de 1853 a 1856, desenvolvendo ações importantes que se fundamentavam na teoria ambientalista que propunha cuidados baseados em: água limpa, ar puro, ambientes arejados, roupas limpas, boa alimentação e repouso. Preconizava o silêncio, ordem no quarto dos enfermos e uma boa iluminação, e exigia que o enfermeiro apresentasse competências como: inteligência, raciocínio crítico, sensibilidade e decência, além de capacidade de demonstrar real interesse pelo paciente.

Portanto, o dia 12 de maio, data de nascimento de Florence, foi instituído como o “Dia Internacional da Enfermagem”, em homenagem à precursora da profissão. E, coincidentemente, no atual ano de 2020 a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) celebram o ano internacional de profissionais de enfermagem e obstetrícia. O marco comemorativo tem o objetivo de reconhecer o trabalho feito por enfermeiros e parteiras em todo o mundo, bem como de defender mais investimentos para esses profissionais e melhorar suas condições de trabalho, educação e desenvolvimento profissional.

A partir de então, a enfermagem tornou-se, uma prática baseada em evidências científicas, ou seja, uma ciência que exige profissionais com competência técnica (habilidade), conhecimento científico e ética profissional, recebendo reconhecimento como profissão.  Cuidar em enfermagem exige que o profissional atenda os seus usuários de saúde de forma holística, ou seja, que atenda as dimensões físicas, psíquicas, espirituais e sociais do cuidar. Portanto exige-se do profissional: paciência, respeito, empatia, competência e principalmente zelo e amor.

Atualmente, embora a profissão enfrente dificuldades como extensa e duplas jornadas de trabalho, com a pandemia pelo Covid 19, vivenciada pela sociedade, mais do que nunca fica notório o quanto a Enfermagem é essencial e deve ser reconhecida como tal. É uma profissão promissora com um vasto mercado de trabalho e com uma variedade grande de áreas de atuação.

Parabéns a todos os profissionais da Enfermagem!

 

Texto: Luis Felipe de Carvalho Sidnei, aluno do 1° ano do curso de enfermagem da Unimep
Última atualização: 08/04/2020