Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 23º Salão Universitário de Humor bate recorde de inscrições

23º Salão Universitário de Humor bate recorde de inscrições

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 07/06/2015 15h05, última modificação 26/04/2016 18h52

O 23º Salão Universitário de Humor nem começou e está surpreendendo. Foram 521 trabalhos inscritos, ou seja crescimento de 63%, isto é, 202 obras,  em relação ao ano passado, de 171 inscritos (aumento de 56 inscritos, mais de 48%). Nessa edição, participam estudantes originários de 16 países, como Brasil, Estados Unidos, China, Canadá, Irã, Itália, Indonésia, Peru, Índia, Afeganistão, Eslováquia, Tailândia, Turquia, Bósnia e Herzegovina, Argentina e México. A seleção dos trabalhos e a definição dos premiados serão feitas, respectivamente, nos dias 8 e 12 de junho. Já a abertura do evento ocorre, também, no dia 12 de junho, a partir das 19h, no Átrio da Biblioteca, do campus Taquaral. 

A premiação total de R$ 7.500 será distribuída entre cinco categorias: charge (desenho relativo a fato real e recente), cartum (desenho sem vínculo a qualquer fato específico), caricatura (retrato com distorções anatômicas, geralmente de pessoa famosa), história em quadrinhos/tira (história sequencial narrada em etapas) e temática (obras que retratem questões ambientais ou educacionais).

Características do evento

Camilo Riani, docente da Faculdade de Comunicação e Informática, artista e coordenador do Salão Universitário de Humor da Unimep, comentou o recorde de participação. "Os números do Salão Universitário são diferentes, pois o público  pode se inscrever somente na época que cursa a faculdade. Muitos no primeiro ano nem sabem da existência e são poucos anos para participar, logo a rotatividade é muito grande. Isso é um ponto muito enriquecedor, pois permite o surgimento de novos talentos”, destaca ele. Questionado sobre o motivo do aumento, respondeu: “imaginamos que o trabalho de divulgação atingiu de maneira mais certeira as pessoas interessadas. Ficamos muito felizes”.

Segundo Camilo, “o tema ambiental é um dos mais presentes entre os mais de 500 trabalhos inscritos, por conta do prêmio Meio Ambiente - Centro Cultural Martha Watts/Unimed. Entre as caricaturas, figuras como  Amy Winehouse, Freud e Obama estão entre os mais retratados. Temas como o atentado ao jornal Charlie Hebdo e os bastidores da política também chamam a atenção”. A média de idade dos participantes é de 21 anos.

Programação

No dia da abertura está previsto debate Os Limites (ou não) do Humor, com cartunistas da grande imprensa: Baptistão, do Estado de S. Paulo, e revista Veja, Dacosta, da Folha de S. Paulo. Além disso, o professor doutor do curso de filosofia, José Lima Jr., falará sobre o tema Humorte. Está prevista ainda exposição paralela com reproduções das páginas e artes do jornal satírico histórico Ovelha Negra, que combateu a ditadura brasileira.


Texto: Serjey Martins
Fotos:
Salão de Humor
Coordenação/edição de texto: Celiana Perina
Última atualização: 08/06/2015

registrado em: