Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 440 voluntários participam do projeto Uma Semana Pra Jesus

440 voluntários participam do projeto Uma Semana Pra Jesus

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 05/08/2014 10h35, última modificação 26/04/2016 18h51

Colaborar com a reforma de um templo da Igreja Metodista foi uma das ações que Tais Trentini Oliveira, 22, graduada em recursos humanos pela Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), desenvolveu com os moradores do município de Brasilândia, Mato Grosso do Sul (MS), entre os dias 4 e 12 de julho. Taís compôs o grupo de aproximadamente 440 voluntários do projeto missionário Uma Semana pra Jesus. A iniciativa, que é anual e neste ano alcançou a 19ª edição, é organizada por sociedades metodistas integradas por homens, mulheres e jovens ligados à Igreja Metodista - 5ª Região Eclesiástica.

De acordo com Hilkias Arruda Nicolau, um dos organizadores do projeto, o objetivo principal é evangelístico. “A proposta é levar o povo da cidade à conhecer Jesus por meio de ações como distribuição de bíblias, livretos evangelísticos e visitas às casas dos moradores. No projeto, um grupo de voluntários deu início à construção de um templo metodista que irá abrigar os
cultos a serem realizados na cidade após o projeto”, afirma.

Ele acrescenta que também foram realizadas consultas médicas, atendimentos farmacêuticos e psicológicos, procedimentos em enfermagem, fisioterapia e nutrição, além de atendimentos odontológicos e na área de direito. “Nosso alvo é alcançar vidas e fornecer condições de vida digna, saudável e rica em bênçãos. Podemos afirmar que todos os objetivos do projeto foram
alcançados, pois por meio do trabalho dos voluntários do projeto conseguimos atingir um grande número de moradores ”, detalha Nicolau.

Para Taís, a experiência foi inesquecível “Já me emociona muito saber que dezenas de pessoas se dispõem ajudar e contribuir, como for necessário, mas principalmente, pelo trabalho que fiz de ajudar com a igreja. Deixamos um local específico bem no centro da igreja para colocar a pedra fundamental.

Nessa hora, colocando meu nome na história da igreja, foi emocionante.Os moradores tiveram receptividade, participaram do projeto e dos cultos no ginásio. Pudemos conferir várias mudanças naquela semana”, conta Taís.

MISSÃO

Voluntária desde 2005, está Nicéa Ramos de Souza, que ajudou no preparo de  lanches para as crianças. “Me emociona e me marca saber que posso deixar as crianças mais felizes com o meu trabalho. Fomos recebidos com uma receptividade muito grande pela equipe de trabalho daquele local. As merendeiras dividiam o espaço delas com a minha equipe na maior alegria”.

Para ela, um dos principais resultados alcançados ocorreu com os atendimentos odontológicos. “É o cumprimento do lema: Igreja Metodista, Comunidade Missionária a Serviço do Povo. Dou graças ao meu Deus por participar desta história”, conta ela.


Texto: Angela Rodrigues
Fotos: divulgação
Edição/coordenação: Celiana Perina
Última atualização: 05/08/2014

registrado em: