Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Aluna da educação física disputa Jogos Sul-americanos na Colômbia

Aluna da educação física disputa Jogos Sul-americanos na Colômbia

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 17/03/2010 17h13, última modificação 26/04/2016 18h46

 A estudante Natália Ribeiro Brozulatto, 20, do 5º semestre do curso de educação física da Unimep, disputa entre os dias 19 e 30 de março os Jogos Sul-americanos de 2010, em Medellín, na Colômbia. A atleta foi convocada pela Confederação Brasileira de Karatê (CBK) e conquistou a vaga para o torneio em seletiva realizada em novembro do ano passado. Na ocasião, derrotou Lucélia Ribeiro, atual tricampeã dos Jogos Pan-americanos. 

Acostumada a competir na categoria mais de 60 quilos, enfrenta um novo desafio na Colômbia. A atleta foi inscrita pela CBK para disputar a categoria Open, modalidade sem limite de peso. Natália, que pesa 62 quilos e tem 1,65 de altura, encara a oportunidade como uma grande responsabilidade. “Estou ansiosa para competir. É verdade que existe uma desvantagem em relação à força e ao peso dos adversários, mas pode ser compensada pela maior agilidade que tem um atleta mais leves”, garante. 

Treinada pela experiente Iara Souza de Oliveira e por Diego Spigolon, a aluna da Unimep está no esporte desde os nove anos de idade e acumula em seu currículo sete títulos brasileiros, seis paulistas e um mundial. A confiança para disputar a competição é justificada pelo bom desempenho em 2009.  No ano passado, ela conquistou o campeonato sul-americano, o campeonato pan-americano e foi vice-campeã brasileira.

DIFICULDADES 

Em novembro de 2009, quando venceu uma seletiva que reuniu cerca de 100 atletas, Natália garantiu uma vaga na seleção brasileira feminina de Karatê pelos próximos três anos. Com a conquista, terá as despesas com viagens pagas pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). “É um grande alívio. Não tenho patrocinador ou auxílio da bolsa-atleta do governo federal”, diz a estudante, que costuma pagar suas viagens internacionais com bingos e rifas organizadas por ela mesma. 

“Tenho uma bolsa de estudos na Unimep e por esse motivo, sempre que recebo propostas respondo que minha prioridade é a universidade”, conta.

 

Edição de texto: Celiana Perina
Texto: Leornardo Moniz
Fotos: Fábio Mendes
Última atualização: 16/03/2010

registrado em: