Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Aluna da educação física tetracampeã fala sobre a rotina de atleta

Aluna da educação física tetracampeã fala sobre a rotina de atleta

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 04/04/2011 10h38, última modificação 26/04/2016 18h47

Na infância, Natália Ribeiro Hilário Brozulatto foi uma criança superativa e que gostava de filmes de lutas. Por isso, aos nove anos, ela ingressou em um clube esportivo no município de Limeira para aprender karatê. Atualmente, aos 21, Natália é atleta da seleção brasileira de karatê e acumula diversos títulos internacionais e nacionais. Também aluna do 7º semestre do curso de educação física da Unimep, ela, desde março, representa a universidade nas competições em que participa.

Dentre as conquistas internacionais de Natália, estão os títulos de bicampeã sul-americana (Colômbia 2010), campeã pan-americana (El Salvador, 2009) e por duas vezes, o título de vice-campeã pan-americana (Canadá, 2010). Já dentre as conquistas nacionais, Natália acumula o de tetracampeã brasileira e o de campeã brasileira universitária por equipe. Mas a atleta e
universitária quer mais. Atualmente, ela se prepara para o próximo desafio, o US Open de Las Vegas, programado para os dias 21 a 25 de abril, em Las Vegas, Estados Unidos. A competição servirá como preparatória para o Campeonato Pan-Americano, que ocorre em Guadalajara, no México, de 19 a 21 de maio.

MEDIDAS 

Com 1,64 cm e 60 quilos, a universitária é faixa preta, e luta nas categorias de 61 a 68 quilos. Para alcançar o melhor desempenho no esporte, ela se dedica a dois treinos diários: o físico e o técnico tático. Mas, também reserva tempo para estudar e trabalhar, responsabilidades que a deixam dividida por envolver muitos compromissos. “Minha rotina é bem puxada. Às vezes, gostaria de me dedicar um pouco mais nos estudos, nos treinos ou no trabalho. Fico dividida e sobrecarregada, tentando dar conta de tudo”, conta.

Quando está longe do tatame, a rotina é mais leve. Nos momentos de lazer, ela gosta de sair jantar, ir ao cinema, e, principalmente, descansar. “Adoro praia e, quando os treinamentos da seleção coincidem com cidades nas quais que há praias, aproveito. A vida de atleta é assim mesmo: uma correria”, destaca.

Texto:Angela Rodrigues
Edição/jornalista responsável
: Celiana Perina
Fotos: Fábio Mendes
Última atualização: 04/04/2011

registrado em: