Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Aluna de mestrado em ciências do movimento humano apresenta artigo sobre efeitos de exercícios respiratórios em congresso na França

Aluna de mestrado em ciências do movimento humano apresenta artigo sobre efeitos de exercícios respiratórios em congresso na França

por Angela Rodrigues publicado 30/10/2018 05h00, última modificação 14/11/2018 12h28

Tamires Alessa de Mori (foto à esquerda), 27, aluna do curso de mestrado em ciências do movimento humano da Unimep, participou em setembro do Congresso Internacional da European Respiratory Society, realizado em Paris. No evento, ela apresentou o artigo “Efeitos dos Exercícios Respiratórios no Pós-Operatório de Cirurgia Bariátrica” assinado por ela em parceria com Rodrigo Vieira Zerbetto, aluno do curso de fisioterapia da Unimep e bolsista de iniciação científica; José Eustaqui Souza Júnior, mestrando em ciências do movimento humano da universidade; Sílvia Baruki, aluna de doutorado do PPG-CMH; dos docentes da Unimep: Daniela F. Bertelli Merino e Eli Maria Pazzianotto Forti, e também de Maura Rocha, ex-aluna do curso de mestrado.

O artigo apresentado por Tamires está relacionado ao projeto de iniciação científica “Utilização de Exercícios Respiratórios com Carga Inspiratória Alinear e Linear Pressórica no Pós-Operatório de Cirurgia Bariátrica” desenvolvido por ela no período em que cursou fisioterapia. “O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da realização de exercícios respiratórios com carga inspiratória alinear e linear pressórica na força e resistênciamuscular respiratória em obesas mórbidas em pós-operatório de cirurgia bariátrica, pois essas pacintes, tendem a perder a integridade desta musculatura no pós- operatório”, conta a fisioterapeuta e mestranda.

O artigo e o projeto de iniciação científica foram coordenados pela docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Unimep, profª Eli Maria Pazzianotto Forti.

PESQUISA – De acordo com a aluna, ao longo da pesquisa foram utilizados dois protocolos de treinamento muscular inspiratório: um, com o Respiron Classic, equipamento de carga alinear pressórica, que possui ajuste de resistência variável de acordo com o fluxo realizado pelo paciente; e o segundo, com o Powerbreathe K5, equipamento de carga linear pressórica, o que quer dizer que, a carga se mantém inalterada independente do fluxo de ar gerado pelo paciente e, permite a adequação da carga de forma segura e individualizada dependendo da musculatura inspiratória de cada paciente.

“Os dois grupos também receberam a fisioterapia respiratória convencional. Foram realizadas uma sessão no pós-operatório imediato e duas sessões no primeiro dia de pós-operatório, totalizando três sessões de tratamento. Os resultados evidenciaram que o equipamento de carga linear conseguiu manter a força e a resistência da musculatura respiratória das pacientes. Já no outro grupo, foi possível verificar queda nos valores para a força e a resistência da musculatura respiratória”, aponta ela sobre os resultados da pesquisa.

EXPERIÊNCIA – Para a aluna, participar de um congresso internacional foi uma conquista, já que sempre pensou nessa possibilidade. “No fim do ano passado, por meio de pesquisas na internet, vi que abriria a inscrição de resumos para a participação nesse evento. Conversei com a minha orientadora sobre a possibilidade de enviarmos um dos trabalhos do nosso grupo de pesquisa, e ela prontamente me encorajou. Me inscrevi, meu resumo foi aprovado e então pude participar”, conta ela sobre a oportunidade.

 “Além de obter mais conhecimento sobre tudo o que há de novo na fisioterapia respiratória, no congresso também tive contato com pesquisadores do mundo todo e conheci profissionais renomados internacionalmente, os quais estudo seus artigos e utilizo para embasamento teórico em minhas pesquisas”, acrescenta. 

 

Texto: Assessoria de Comunicação e Imprensa Unimep
Fotos: acervo pessoal Tamires Alessa de Mori
Última atualização: 14/11/2018