Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunas de jornalismo conquistam 2º lugar no Prêmio Abag de Jornalismo

Alunas de jornalismo conquistam 2º lugar no Prêmio Abag de Jornalismo

por Angela Rodrigues publicado 07/11/2016 05h00, última modificação 07/12/2016 18h09

As estudantes do 4º semestre do curso de jornalismo da Unimep, Caroline Giantomaso e Larissa Piero, conquistaram o 2º lugar na categoria Jovem Talento, modalidade vídeo, do 9º Prêmio de Jornalismo José Hamilton Ribeiro da Abag (Associação Brasileira do Agronegócio). O título do trabalho elaborado pelas alunas é Controle de Pragas no Campo. Pela classificação, as estudantes receberam uma câmera fotográfica semiprofissional Canon.

O aluno Gabriel Piazentin, também do 4º semestre da graduação, foi finalista na modalidade escrita. Sua reportagem, intitulada "Violência Agropecuária: em ano olímpico, atuação proeminente" foi selecionada entre as dez melhores, e publicada na revista Coletânea de matérias da 9ª edição do Prêmio Abag/RP de Jornalismo 2016, lançada no evento de premiação.

No total, concorreram 148 trabalhos nas categorias Jovem Talento e Profissional. A cerimônia de premiação ocorreu no dia 1º de dezembro, em Ribeirão Preto, e teve a presença de jornalistas profissionais, estudantes de jornalismo e convidados.

O trabalho vencedor da modalidade vídeo foi Pesquisas com Café do Instituto Agronômico de Campinas (IAC) Em Risco, do estudante de jornalismo Jhonatas Simião, da PUC de Campinas. Já na modalidade escrita, o vencedor foi Paulo Palma Beraldo, da Unesp de Bauru, com a matéria Adido Agrícola: O Trabalho de Romper Fronteiras Entre Nações e Abrir  Portas Para o Agronegócio Mundo Afora. Os dois receberam vales-compra no valor de R$ 2.500.

Da iniciativa, participaram estudantes paulistas de 15 universidades: Barão de Mauá, Cásper Líbero, USP, ESPM, Estácio, Imesb, Mackenzie, PUC Campinas, Umesp, Unaerp, Unesp/Bauru, Unimep, Uniseb, Uniara e Unifran.

Agronegócio em foco

Larissa falou sobre a conquista: “é um estímulo para conhecermos o segmento do agronegócio, que é esquecido, mas é muito amplo e lindo. Saber que concorremos com ótimas universidades do Estado e ganhamos mais uma vez, assim como no ano passado, é muito legal. A gente vê a qualidade da nossa universidade e do ensino e isso é muito bom. Ano que vem, espero poder participar de novo e com um vídeo melhor”.

Caroline reconhece a importância do prêmio: “é importante para a nossa formação. O ciclo de palestras deu muito conhecimento pra gente e a base para ir atrás de mais conhecimento sobre o agronegócio. Acho que é uma experiência única, principalmente nessa área”.

O curso de jornalismo na Unimep é coordenado pelo professor Paulo Roberto Botão.

 

Texto: Serjey Martins
Edição: Celiana Perina
Fotos: divulgação
Última atualização: 07/12/2016