Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos da Universidade Aberta à Terceira Idade compartilham experiências, melhoram qualidade de vida e socialização

Alunos da Universidade Aberta à Terceira Idade compartilham experiências, melhoram qualidade de vida e socialização

por Angela Rodrigues publicado 11/04/2018 08h00, última modificação 11/04/2018 13h48
Alunos da Universidade Abertas à Terceira Idade da Unimep acompanham programação diversificada nos campi Taquaral e Santa Bárbara d´Oeste da universidade.

“Amo de paixão” conta a aposentada Orlinda José dos Santos Monteiro, 67 anos, sobre as atividades das quais participa por meio da Universidade Aberta à Terceira Idade da Unimep. A iniciativa, que promove encontros semanais no campus Taquaral, e encontros mensais no campus Santa Bárbara d´Oeste, oferece programação variada que inclui palestras e oficinas sobre temas distintos, atividades culturais, aulas de dança, coral e outras.

Aluna há quatro anos, Orlinda conta que soube dos encontros por meio de uma amiga, e permaneceu no grupo desde que se inscreveu. Desde esse momento, ela afirma que a sua vida melhorou bastante. “Acompanho todas as aulas. Melhorou tudo em minha vida desde que passei a frequentar as atividades; melhorou a minha autoestima, a convivência social. A gente passa a ver a vida de outro jeito. Considero os meus colegas amigos, somos uma família”, aponta ela.

A opinião de Orlinda é compartilhada por Maria Teresa Ramos Matarazzo, 65 anos. Participante também há quatro anos, ela conta que vê a iniciativa como possibilidade de conviver e aprender. “É um modo de fazer parte de um grupo e a possibilidade para se manter atualizada em relação a temas distintos, como economia, por exemplo. Além disso, é uma oportunidade de conviver com amigos. Gosto muito de todas as atividades, mas destaco as palestras sobre temas de nosso cotidiano como economia, artes e outros”, afirma ela.

Manoel Cláudio da Costa, 68, frequenta as atividades da Terceira Idade no campus Santa Bárbara d´Oeste. Aluno desde 2006, ele acompanha o grupo ao lado da esposa, Ana Maria, 66. “Os encontros possibilitam muito aprendizado e além disso, aumentam amizades e oferecem a oportunidade de conviver com pessoas diferentes. É muito bom poder participar”, afirma ele. 

SOCIALIZAÇÃO E BEM ESTAR – A coordenadora da Universidade Aberta à Terceira Idade da Unimep, Elisangela Cornachini Corte Real, conta que a proposta é promover a inclusão social, por meio de ações que incluem conhecimento, informações, socializações, trocas de experiências, discussões e reflexões, que consequentemente melhoram a qualidade de vida e o bem-estar.

Ela aponta que são vários os resultados que observa na saúde física e emocional dos alunos. “Os principais resultados são a socialização entre as pessoas, mais autoestima, alegria em fazer parte da universidade, e principalmente adquirir conhecimentos, compartilhar experiências e informações, trazendo o empoderamento da pessoa idosa nas suas próprias escolhas. Outro ponto muito importante é não ficar na ociosidade, é preciso manter o cérebro e as memórias sempre ativos, tanto em relação à saúde física e emocional, uma complementa a outra, e o resultado é qualidade de vida e bem-estar”, afirma Elisangela.


PARA PARTICIPAR –
Os interessados em ingressar nos grupos e acompanhar as atividades da Universidade Aberta à Terceira Idade podem ingressar em qualquer momento. Basta ligar no (19) 3124-1707 ou enviar mensagem à coordenadora, Elisangela Cornachini Corte Real, pelo e-mail: elisangela.real@unimep.br. As atividades são todas gratuitas e isentas de mensalidade.

PRÓXIMOS EVENTOS – A programação oferecida na Universidade Aberta à Terceira Idade da Unimep é diversificada. Segundo Elisangela, no campus Taquaral, as atividades consistem em palestras, oficinas, ensaio com o grupo coral, aulas de zumba, dentre outras. Os encontros são semanais: às quintas-feiras ocorre o ensaio coral, das 15h às 16h30, com a regente Hellen Floriano. Já às terças-feiras (quinzenalmente), são realizadas palestras, oficinas e aulas de zumba gold, das 14h30 às 16h30. As ações contam com o apoio de professores da universidade e profissionais externos, todos voluntários.

Dentre as próximas atividades a serem promovidas, no campus Taquaral, estão as palestras: “O Olhar Impressionista sobre o Cotidiano", com Rafael Gonzaga, prof. do curso de história, no dia 17/04; e "Imaginação e Criatividade no Desenho", com a artista plástica Regina Villara, nos dias 22/05 e 05/06. 

As atividades físicas são desenvolvidas pelos professores Laura Alice Theodoro, Edmur Pereira e Rita de Cássia Santos, especializados em Zumba Gold direcionado para terceira idade. A atividade é realizada apenas no campus Taquaral, mensalmente, na sala de ginástica e dança no bloco 11. As próximas aulas ocorrem nos dias 08/05 e 19/06.

Já o grupo da Universidade Aberta à Terceira Idade do campus Santa Bárbara participa de dois encontros mensais. As atividades incluem ensaio coral, com a regente Hellen Floriano, realizado na capela do campus, e também palestra ou oficina, realizadas em datas distintas, das 14h às 16h. Os temas também são diversos e ministrados por professores da universidade e profissionais externos voluntários, convidados especialmente. Nesse campus, a programação dos próximos eventos inclui a "Oficina de composição", com a profª de música e ritmo e ex-aluna da Unimep, Ester F. Leite, no próximo dia 4/4; e a palestra: "Depressão, Síndrome do Pânico e Stress", com Bárbara Kolstok, profª do curso de psicologia da Unimep, no dia 2/5, Além disso, serão realizados os ensaios coral, com a regente Hellen Floriano, do NUC/Unimep) nos dias 18/04, 16/05, 06/06 e 20/06. 

Mais informações sobre as atividades da Universidade Aberta à Terceira Idade da Unimep, no fone (19) 3124-1707 ou pelo e-mail: elisangela.real@unimep.br

 

 

Texto: Angela Rodrigues
Fotos: acervo pessoal dos alunos e docentes da Universidade Aberta à Terceira Idade da Unimep
Última atualização: 03/04/2018