Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos de fotografia transformam poesia concreta em imagens e expõem no Instagram

Alunos de fotografia transformam poesia concreta em imagens e expõem no Instagram

por Angela Rodrigues publicado 19/07/2017 08h00, última modificação 19/07/2017 12h32
Alunos de fotografia da Unimep transformam poesia concreta em imagens e expõem no Instagram

Pensando a poesia concreta como comunicação visual e suporte inicial o professor do curso de fotografia da Unimep, Hugo de Lima, propôs um desafio aos seus alunos do primeiro semestre: escolher uma poesia concreta, independente de qual autor e qual poeta. E a partir desta escolha, fazer a representação da obra em forma de 10 fotografias.

De acordo com o professor, essas imagens tinham de atender os tópicos básicos da disciplina fotografia digital que integram o curso de fotografia. Na opinião da estudante Rafaela de Paula, que já tinha conhecimento sobre o estilo poético, após escrever sua própria poesia concreta no ensino médio, é mais fácil escrever uma poesia do que transformá-la em 10 fotografias. Rafaela afirma que a parte mais complicada do projeto foi encontrar uma poesia de fácil compreensão que, de algum modo, pudesse se transformar-se em 10 imagens autoexplicativas.

“O desafio que nos foi colocado de transformar poesia em fotografia nos fez ter de pensar fora da caixa. Isso tornou-se extremamente importante para a nossa formação, porque o fotógrafo tem de quebrar a cabeça para sair de fotos tradicionais e chegar a fotos incríveis”, diz a estudante.

Já a aluna de fotografia Karen Cunha Padilha conta não ter tido nenhum contato com a poesia antes dessa atividade e expôs como foi viver a experiência por meio do curso. “Não me chamava muito atenção. Quando o professor pediu, fiquei desesperada, mas quando comecei a pesquisar, mudei de opinião. A poesia concreta é algo mágico e me fez enxergar a vida de um outro modo, pois uma simples palavra pode significar muito”, destacou Karen. 

Lima conta sempre mantém a expectativa alta em relação a produção dos alunos. “A turma produziu muitos trabalhos interessantes, propostas e possibilidades de encontro com a poesia muito diferentes. Tanto a literatura quanto a imagem, parecem que estão muito distantes entre si, mas aproximam-se nesse tocante da sensibilidade e do representado”.

Conheça as fotografias produzidas pelos alunos do primeiro 1º semestre de fotografia no Instagram Fotopoetize: https://goo.gl/Vrw145   

 

Texto: Andressa Santos
Edição e coordenação: Celiana Perina
Fotos: divulgação
Última atualização: 10/07/2017