Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos de nutrição produzem alimento para população idosa

Alunos de nutrição produzem alimento para população idosa

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 03/10/2013 16h00, última modificação 26/04/2016 18h50
Desenvolver um produto alimentício nutritivo e vendável que atenda as necessidades da população idosa hipertensa e diabética é o desafio dos alunos do 2º semestre do período diurno e de estudantes do 4º semestre noturno do curso de nutrição da Unimep. A iniciativa integra o projeto interdisciplinar de nutrição e ciências e tecnologia de alimentos que engloba todas as disciplinas do semestre da graduação. O projeto, que é coordenado pela docente do curso e coordenadora do curso de gastronomia, Miriam Coelho de Souza (foto), visa desenvolver a ação empreendedora do estudante na criação de um alimento salgado sem sal ou um doce sem açúcar.

“É um desafio muito grande, você tem que achar alternativas de industrializar seu produto que deve ser mais nutritivo e cause menos danos, tanto para hipertensão, quanto para diabetes, que é um dos problemas no Brasil hoje. É um meio de alertar ao aluno a necessidade de cobrar do mercado, das indústrias. Pensar em diminuir o sal, diminuir o açúcar”, detalha Miriam.


DESENVOLVIMENTO

Ao longo do tempo em que o alimento é desenvolvido, os alunos também têm de se atentar ao empreendedorismo, como o marketing e a criação de embalagens, ação que envolve várias áreas. “Na interdisciplinaridade, os alunos vão desenvolver conceitos de adoçantes e ações microbiológicas nos alimentos. Todos os produtos são obrigados a ter valor nutricional. É um trabalho que envolve todos os saberes do curso. Temos que usar o que a indústria utiliza para eles aprenderem a fazer. Isso é ser empreendedor”, conta Miriam. O projeto interdisciplinar de nutrição engloba as disciplinas: estudos experimental de alimentos; bromatologia; tecnologia de alimentos; higiene, vigilância e controle dos alimentos 1; marketing em alimentos e nutrição; microbiologia de alimentos; nutrição e dietética I e economia. A atividade envolve os docentes: Neila Moura, Patrícia Carla Moraes, Angela F. Correia, Liliane Maistro, Antonio Brito, Maria Helena S. Tavares, Nailza Maestra, Francisco Crócomo, Leila Mendes Pereira Rodrigues, Adriana Villanova de Almeida e Sergio Rochelle.

GASTRONOMIA

A criação de um negócio empreendedor também ocorre em uma atividade interdisciplinar dos alunos de gastronomia, que devem planejar e executar as etapas de criação de um negócio desse segmento, como um restaurante. Coordenado pela professora Miriam Coelho de Souza, o projeto inclui as disciplinas: controles financeiros em restauração, gestão de pessoas, planejamento físico de restaurantes, administração em negócios de alimentação e projeto de negócios, ministradas pelos professores: Jair Antonio de Souza, Emilio Antonio Amstalden, Leila Mendes Pereira Rodrigues, Antonio João de Brito e Marcia Reggiolli. Para facilitar o planejamento e a execução das ações dos alunos para as atividades interdisciplinares acima mencionadas, um software de plano de negócio (Sisplan) está em desenvolvimento pela equipe do docente Francisco Baccarin e alunos do estágio do curso de redes de computadores da Unimep, com a co-orientação de Miriam. O Sisplan é uma ação dos universitários: Lucas Brino Gentile Freitas, Kauê Almeida, Ibrahim Mattus Neto, Thiago Alessandro Bertin, Rafael Thomazini, Luiz Henrique Brasilio dos Santos, Maycol Douglas Gaise, Rodrigo Welsel, Camila Figueiredo, José Augusto Santos Cruz e Gabriel de Marchi.


Texto: Jéssica Rodrigues
Fotos: Fábio Mendes
Edição de texto: Angela Rodrigues
Última atualização: 03/10/2013
registrado em: