Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos de psico e fisio sobem ao pódio em campeonato de kickboxing

Alunos de psico e fisio sobem ao pódio em campeonato de kickboxing

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 03/09/2014 15h26, última modificação 26/04/2016 18h51
Convocada um dia antes do torneio Kickboxing World Cup – Brazil 2014, Caroline Bartier (foto ao lado), 23, aluna do 6º semestre de psicologia da Unimep, precisou perder 6 kg para poder competir na categoria low kicks até 60 kg. O esforço foi recompensado, e Caroline conquistou o 1º lugar na competição. Além dela, outro unimepiano subiu ao pódio. Gustavo Piacentini (foto à baixo), estudante do curso de fisioterapia, que faturou o 2º lugar na categoria até 60 kg. O campeonato foi realizado em agosto, em São Paulo.

Caroline que disputou o título com outra brasileira, a paranaense Franchely Calegari, se mostrou surpresa com a convocação às pressas para o mundial. “Desde o início foi tudo muito rápido e surpreendente para mim. E ter me tornado campeã mundial, por mais que nessa categoria não tenha tido nenhuma “gringa” e mas ter lutado contra essa adversária de alto nível, para mim foi a maior conquista da minha vida. Essa vitória significou a minha luta diária, o meu esforço, a minha dedicação”, conta.

Estudante de psicologia, a aluna acredita que o conhecimento que adquire dentro da sala de aula com a teoria e os professores a auxiliam em sua preparação e na busca de um equilíbrio em sua rotina esportiva.

“A psicologia tem me ajudado a entender melhor sobre a capacidade que um atleta tem de equilibrar a parte emocional e psicológica. Eu vejo que a parte psicológica tem que estar muito bem estruturada durante uma competição como essa. Portanto, busco na psicologia isso, achar um ponto de equilíbrio que me ajude nas horas de competições. Eu acredito que é o momento mais difícil na vida de um atleta, pois é durante uma competição que ficamos mais vulneráveis e desequilibrados psicologicamente; por isso que devemos ter uma preparação psicológica durante os treinamentos”.

Na vida acadêmica, a estudante se prepara para encarar mais uma de suas conquistas: ela fará parte da equipe de rondonistas do Projeto Rondon, que em janeiro irá para a Paraíba. Já nos tatames, Caroline tem pela frente a Copa do Brasil, que será realizada em Piracicaba, de 4 a 7 de setembro; em novembro, os Jogos Abertos do Interior; e em dezembro, os Jogos Pan-americanos, na Argentina.


Texto: Jéssica Rodrigues
Fotos: divulgação
Coordenação/edição de texto: Celiana Perina
Última atualização: 03/09/2014

registrado em: