Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos do curso de direito apresentam 150 monografias em plataforma virtual

Alunos do curso de direito apresentam 150 monografias em plataforma virtual

por Angela Rodrigues publicado 22/07/2020 05h00, última modificação 23/07/2020 19h08


Os desafios que o setor educacional enfrenta exigem soluções engenhosas e tecnológicas para ultrapassar as barreiras do isolamento social. Pensando nisso, a Unimep organizou, por meio da plataforma virtual Collaborate, 150 apresentações de trabalhos de conclusão de curso dos alunos do curso de direito do campus Taquaral. A coordenadora do Núcleo de Prática Jurídica e Monografia Jurídica da graduação, professora Manuela Cibim Kallajian, conta que os trabalhos foram avaliados no período de 17 a 24 de junho e demandaram, pela duração média de 40 minutos de cada banca (somadas a apresentação e as arguições dos professores), cerca de 100 horas de empenho dos 150 alunos e 23 professores.

FORMATO – “Da mesma forma que a apresentação presencial, cada banca contou com três avaliadores: o orientador e dois convidados, estes também professores do curso ou convidados externos à universidade, mas com experiência na área jurídica. Assim, por meio da plataforma remota disponibilizada pela Unimep, os alunos puderam apresentar seus trabalhos e se submeteram às arguições da banca montada especialmente para cada um. Após a apresentação e defesa, os membros das bancas conversavam particularmente por outro meio tecnológico e atribuíam os conceitos, que eram imediatamente informados online para os alunos”, detalhou Manuela.

Uma possibilidade interessante do formato foi a facilidade na participação de convidados dos alunos: “de posse do link de sua banca, o aluno pôde convidar outras pessoas para assistirem a apresentação. Isso, além de dar a publicidade necessária, permitiu que colegas e familiares acompanhassem tudo sem que ninguém precisasse sair de casa”, contou a professora.

Matheus Bottene Pacifico, 21, aluno do 9º semestre do direito diurno, foi um dos discentes que apresentou a monografia de forma virtual. Ele contou que o sistema funcionou perfeitamente e que a experiência foi positiva. “Me senti mais confiante apresentando remotamente, pois apresentei de um local onde me sinto seguro e confortável”, afirma ele. O título da monografia do estudante foi “A Inconstitucionalidade do Artigo 28 da Lei 11.343/06: Aspectos Penais”.

DESAFIOS - Para a professora Manuela, coordenar tantas pessoas foi o grande desafio. “Se levarmos em consideração que cada banca continha quatro pessoas e multiplicarmos por 150 bancas, tínhamos 600 elementos para fazer a engrenagem funcionar. Horários e salas virtuais deveriam ser abertas e todos deveriam estar lá, remotamente, na data e horários designados. E mais: os examinadores já deveriam estar com os trabalhos lidos, o que demandou uma organização de recebimento, cadastro e envio de trabalhos por e-mail”, conta ela.

Já para o universitário Matheus, o desafio foi a realização da pesquisa: “a quarentena dificultou minha pesquisa porque tanto a biblioteca do campus como a municipal estavam fechadas. Assim, tive que garimpar conteúdos digitais para suprir a necessidade de referências bibliográficas. Mas isso não impediu a conclusão do meu trabalho e tornou a experiência ainda mais moderna", afirmou.

De acordo com Manuela Kallajian, foram fundamentais para a execução dos trabalhos a confiança da coordenadora do curso, professora Renata Helena da Silva Bueno, e a disposição dos professores e alunos para a atividade proposta.

“Além disso, contei com o apoio imensurável das colaboradoras do NPJ, Janaína Leme e Priscila Castanheira, além do incansável Michael Adorno, que me deu suporte técnico durante o período de realização das bancas”, destacou a docente.  

 

Texto: Serjey Martins
Fotos: banco de imagens e acervo pessoal
Última atualização: 03/07/2020