Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos e docentes refletem sobre educação em coletânea

Alunos e docentes refletem sobre educação em coletânea

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 30/12/2013 10h37, última modificação 26/04/2016 18h50

Os alunos Renato Bellotti Senicato (foto), do 8º semestre do curso de filosofia; Gilberto Brandão Marcon e Helena de Fátima Bernardes Millani, ambos do curso de doutorado em educação da Unimep, participam como autores da coletânea O Diálogo em Educação: um Caminho ou Uma Nova Paidéia para uma Reflexão sobre a Educação numa sociedade de consumidores. Com 208 páginas, a obra é um lançamento da Editora Pedro & João Editores e já está à venda no site: www.pedroejoaoeditores.com.br, no valor de R$ 35.

Organizada pelas docentes do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Unimep: Luzia Batista de Oliveira Silva; Ana Carolina Kastein Barcellos e Anna Maria Lunardi Padilha, a coletânea conta com a participação de 15 autores, dentre docentes, alunos e ex-alunos da Unimep e educadores de outras instituições. Além dos três universitários atualmente vinculados à instituição, também assinam artigos como autores as três organizadoras e os docentes Adriana Duarte Bonini Mariguela, coordenadora do curso de filosofia, e Raimundo Donato do Prado Ribeiro, que coordena o curso de história. 


O livro conta, ainda, com a participação de Claudinei Zagui Pareschi, componente do grupo de pesquisa Novas Tecnologias e Educação, vinculado ao PPGE/Unimep; Natália Puke, graduada em filosofia pela universidade em 2011; e os docentes Francisca Candida Candeias de Moraes; Heloisa Candia Hollnagel; Lúcia Ap. Valadares Sartório; Maria Flávia Silveira Barbosa e Nildo Viana.


EDUCAÇÃO

Autor do capítulo A Educação como Efeito Multiplicador, produzido em parceria com a coordenadora do curso de filosofia, Adriana Mariguela, o estudante Renato Senicato conta que o convite para a produção de um artigo para a obra veio de uma das organizadoras. “Me senti profundamente instigado tanto pela pertinência quanto pela atualidade do tema. Em nossos dias, problematizar a educação é abrir a possibilidade para diálogos infinitos”, afirma ele.
Nele, o universitário apresenta a educação em seu veio contemporâneo enfatizando a importância do diálogo. Para a composição do texto, ele e a docente Adriana dialogaram principalmente com a filosofia de Michel Foucault.

“Dessa forma, pontuamos que o diálogo faz-se indispensável para reinscrever a educação como valor”, acrescenta. Em relação à definição do tema para o capítulo, Senicato conta que ocorreu principalmente pelo fato de, diariamente, ter contato com discursos que insistem em colocar a educação como um produto mercadológico.

“Ainda que consideremos importante pensar as determinações econômicas do setor educacional de nossa sociedade, o que pretendemos foi, por meio da filosofia da educação, propor a educação enquanto um valor humano, capaz de alterar a realidade dos indivíduos. Acreditamos que a educação deve fornecer as mínimas condições para que os indivíduos alterem a realidade de suas existências, nesse sentido, a educação inscreve-se como valor humano”, aponta.

 

Texto: Angela Rodrigues
Coordenação/texto: Celiana Perina
Fotos: Fábio Mendes
Última atualização: 30/12/2013

registrado em: