Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Artistas apresentam flores sobre diferentes pontos de vista

Artistas apresentam flores sobre diferentes pontos de vista

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 02/08/2011 10h39, última modificação 26/04/2016 18h47

Um único tema – as flores – apresentado sob óticas e técnicas artísticas distintas resume a essência da 5ª edição da mostra “Ponto de Vista”, assinada pelo casal de artistas Delfim Rocha e Áurea Pitta Roch. Montada no hall do prédio administrativo do campus Taquaral da Unimep, a exposição reúne 35 obras que podem ser visitadas de segunda a sexta-feira, das 8h às
22h, e aos sábados das 8h às 16h, até o dia 19. A entrada é gratuita.

Dos quadros produzidos, 25 foram confeccionados por Áurea, em tamanhos que variam entre 14x19 cm e 38x54 cm. Nelas, estão retratadas flores do campo, flores exóticas, rosas brancas, cravos vermelhos e girassóis, dentre outras, nas técnicas: acadêmica, impressionista e aquarela. Já Rocha expõe dez quadros nas dimensões 30x40 e 40x50 cm, produzidos em acrílico sobre tela no estilo moderno figurativo. A inspiração do artista inclui representações de
orquídeas, petúnias, camélias, hortênsias e margaridas entre outras.

Residentes em Piracicaba há mais de 50 anos, o casal já participou de diversas mostras conjuntas. Na Unimep, eles expõem desde 2003, sempre com obras diferentes. Dessa vez, ambos decidiram inovar e expor diversos pontos de vista sobre o mesmo assunto. As obras estão à venda, com valores que variam de R$90 a R$350.

TRAJETÓRIA – Delfim Sérgio Freire da Rocha, nascido em São Carlos, iniciou suas atividades na pintura no ano de 1995, ao pintar no mural do Ginásio de Esportes de Santa Terezinha. De lá pra cá, participou de 95 exposições coletivas, dentre elas a Mostra Almeida Junior. Dentre as suas premiações mais significativas estão a de menção honrosa no Salão Internacional da
Academia Nacional de Artes Plásticas (Anap), em 2010, a medalha de prata na Semana de Artes de Nova York, em 2010, e a moção de aplauso pela Câmara Municipal de Piracicaba. Suas obras estão espalhadas por Espanha, Portugal, Itália, Nova York, Canadá e Brasil.
Já Áurea Amélia Pitta Roch, natural de Itararé, coleciona medalhas de ouro, prata, bronze, menções honrosas, paleta internacional, moções de aplauso pela Câmara Municipal por suas obras. Também possui quadros expostos em diversos países como Nova York, Itália, Espanha, Áustria, Tchecoslováquia e Portugal. 


Edição e texto: Assessoria de Comunicação e Imprensa
Fotos: Fábio Mendes
Jornalista responsável: Celiana Perina
Última atualização: 03/08/2011

registrado em: