Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Centro Cultural Martha Watts digitaliza imagens e documentos do acervo Rocha Netto

Centro Cultural Martha Watts digitaliza imagens e documentos do acervo Rocha Netto

por Angela Rodrigues publicado 22/01/2020 05h00, última modificação 24/01/2020 19h05

A equipe do Centro Cultural Martha Watts finalizou, em junho de 2019, a digitalização de 20 mil imagens pertencentes ao acervo esportivo Rocha Netto, formado ao longo de mais de 80 anos pelo jornalista e memorialista Delphim Ferreira da Rocha Netto (1913 - 2003), e doado à universidade. A ação busca contribuir na conservação do acervo, minimizando manuseio de arquivos de interesse aos pesquisadores.

Segundo a coordenadora do Centro Cultural Martha Watts, Joceli Cerqueira Lazier, a digitalização, chamada digitalização para consulta, priorizou fotografias, recortes de jornais, textos e anotações. Futuramente, as obras também estarão disponíveis para acesso via internet.

ACERVO – A riqueza de documentos reunidos no acervo, doado pelo jornalista à Unimep, atrai profissionais da comunicação, jornalistas, estudantes e pesquisadores que, muitas vezes, não têm acesso a informações históricas do futebol se não por meio do acervo. “Sempre temos pesquisadores que buscam o acervo. Recentemente, tivemos um contato interessado em material do União São João Esporte Clube de Araras”, conta Joceli.

Considerado um dos mais completos do Brasil, o acervo esportivo Rocha Netto foi doado em vida pelo jornalista à Unimep, em 2002, e ficou sob a guarda do Centro Cultural desde a inauguração do Espaço Memória Piracicabano, em 2003.

Composto por aproximadamente 50 mil fotografias de futebol e 30 mil textos sobre clubes nacionais e internacionais, e jogadores de futebol, é possível encontrar no acervo imagens de Rocha Netto com personalidades do esporte, como o lendário jogador Arthur Friedenreich (1892-1969); a estrela do basquete Magic Paula e o rei do futebol Pelé. Dentre os elementos que compõem o acervo Rocha Netto estão: flâmulas, livros, dados biográficos de atletas, fichas técnicas; além de livros, revistas, coleções de jornais e outros.

“Ele amava futebol e, também, gostava de colecionar; então, uniu as duas paixões. A formação de seu acervo teve como objetivos principais manter viva a história do futebol brasileiro e resgatar a trajetória dos grandes jogadores do passado”, afirma Angela Rodrigues, jornalista e ex-colaboradora ade Rocha Netto, nos anos de 2002 a 2003.

HISTÓRICO – O acervo de futebol começou a ser criado por Rocha Netto ainda na sua infância, em 1919, período em que ele iniciou as suas coleções, a partir de figurinhas de futebol. Posteriormente, ele criou um sistema próprio de organização das fotos e textos do acervo, com a organização dos documentos e imagens em pastas armazenadas em ordem alfabética.

O acervo esportivo Rocha Netto fica disponível para visitas e consultas no Espaço Memória Piracicabana, no Centro Cultural Martha Watts (CCMW), localizado na Rua Boa Morte,1257, Centro.

Mais informações pelo telefone (19) 3124-1889.

 

Texto: Assessoria de Comunicação Unimep
Fotos:
acervo CCMW
Última atualização:
13/01/2020