Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Colaboradoras da Unimep escrevem sobre políticas públicas em livro

Colaboradoras da Unimep escrevem sobre políticas públicas em livro

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 15/12/2014 10h32, última modificação 26/04/2016 18h52

A funcionária da Pastoral Universitária e Escolar do campus Santa Bárbara d´Oeste da Unimep, a pastora Ione da Silva, e a professora do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) Dagmar Silva Pinto de Castro produziram em conjunto o capítulo Políticas Públicas Integradas Gênero e Religião: Mais, Mas Não do Mesmo para a obra Estudos Feministas e Religião: Tendências e Debates, lançada em 5 de novembro. Com 304 páginas e organizado por Sandra Duarte e Naira Pinheiro dos Santos, o livro é editado pela Editora Prismas e já pode ser adquirido por meio de contato com as autoras (insilva@unimep.br ou dscastro@unimep.br). O valor é R$ 53,90.

No capítulo, Dagmar e Ione analisam políticas públicas de enfrentamento a violência doméstica a partir de dados de uma cidade de pequeno porte do interior de São Paulo, com base em pesquisa documental e de campo, realizada pelo Conselho Municipal de Proteção e Defesa da Mulher (CMPDM) de Santa Bárbara d´Oeste. “Colocamos dados em diálogo com as políticas públicas a partir das interfaces e transversalidades entre classe, etnia, religião e gênero, e apontamos para a necessidade de ampliação da educatividade para superação da violência de gênero que acolha o diálogo com a religião professa na esfera priva da vida doméstica. O capítulo propõe um modelo de construção participativa na formulação do plano de ação e das políticas públicas para o enfrentamento à violência de gênero, de forma articulada entre os atores políticos e sociais”, destaca Ione.

HISTÓRIA 

O lançamento é uma edição comemorativa aos 25 anos de existência do grupo de estudos de Gênero e Religião Mandrágora – Núcleo de Estudos Teológicos da Mulher na América Latina (Netmal), criado em 1988, por um grupo de estudantes do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp).

Em 1994, o grupo que se chamava apenas Núcleo de Estudos Teológicos da Mulher a América Latina passou à atual denominação. A Revista Mandrágora é uma publicação desse grupo. O objetivo dos componentes é a análise dos temas gênero e religião. Ione e Dagmar participaram da gênese deste grupo. Além disso, Ione contribuiu também com a produção para o volume 1 - Nº 1, a primeira edição da revista Mandrágora publicada em 1994.

Texto: Angela Rodrigues
Fotos: acervo Unimep
Edição/texto: Celiana Perina
Última atualização:  05/01/2015

 

registrado em: