Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Com apresentação de artigo sobre a fábrica ensino, alunas e docente participam de conferência na Alemanha

Com apresentação de artigo sobre a fábrica ensino, alunas e docente participam de conferência na Alemanha

por Angela Rodrigues publicado 20/05/2017 08h00, última modificação 26/05/2017 14h26

As universitárias Leticia Francischini Rodrigues, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção (PPGEP) da Unimep, e Júlia de Andrade Bertazzi, que cursa o 9º semestre de engenharia de produção da universidade, acompanhadas do professor Klaus Schützer, coordenador do Laboratório de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura (SCPM), participaram da 7ª Conferência de Fábrica Ensino, realizada em abril, em Darmstadt, Alemanha.

No evento, que foi organizado pela Academia Internacional de Engenharia de Produção (CIRP), as unimepianas tiveram o artigo “Learning Environment to Support the Product Development Process”, apresentado pelo prof. Klaus Schützer. Elas contam que o trabalho passou por diversas análises e seleção até ser aprovado para publicação. A apresentação foi feita pelo prof. Schützer.

O artigo teve como tema a fábrica ensino instalada no Laboratório de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura (SCPM), no campus Santa Bárbara d’Oeste da universidade, e que simula um ambiente real do processo de desenvolvimento do produto. “Esta fábrica ensino é utilizada na disciplina de desenvolvimento do produto ministrada para os alunos de graduação e pós-graduação em engenharia de produção da Unimep e é a única do mundo a trabalhar com o processo de desenvolvimento do produto”, destacam as estudantes.

EXPERIÊNCIAS

Leticia e Julia puderam acompanhar o primeiro congresso internacional de suas trajetórias acadêmicas por participarem atualmente de distintos programas de intercâmbio desenvolvidos na TU Darmstadt, por meio do Laboratório SCPM da Unimep. Para elas, a oportunidade foi estimulante. “No decorrer do dia foi possível entrar em contato com diversos pesquisadores renomados e aprender como outras fábricas ensino estão sendo desenvolvidas em instituições de outros países. Além disso, pudemos perceber que o trabalho que desenvolvemos é reconhecido por diversos profissionais qualificados”, detalharam as alunas.

Além da participação no congresso, as universitárias também desenvolvem várias outras atividades com o intercâmbio. Dentre elas, ações ligadas ao DiK (Fachgebiet Datenverarbeitung in der Konstruktion), um laboratório de pesquisa parceiro.

Leticia, que foi aprovada para o programa de mestrado sanduíche da Capes, desenvolve pesquisas relacionadas ao mestrado e atividades do projeto SCoPE. “Meu trabalho de mestrado está relacionado ao tema Industrie 4.0, surgido na Alemanha e bastante debatido em todo o mundo. Um dos meus objetivos no intercâmbio é mostrar o meu trabalho para que novas parcerias e projetos sejam realizados em conjunto, além de trocar conhecimento. A Alemanha é referência em engenharia e tecnologia. Acredito que passar quatro meses em Darmstadt me trará muitos ganhos profissionais e pessoais. Profissionais pelo fato de estar inserida em um grupo com know-how no assunto em que realizo minhas pesquisas e pessoais por poder vivenciar outra cultura”, afirma ela.

Já Júlia de Andrade Bertazzi conta que por meio do intercâmbio na Universidade Técnica de Darmstadt, irá cursar disciplinas de engenharia, desenvolver projetos como aluna de iniciação cientifica e realizar estudos por parte do projeto SCoPE. “Poder realizar o sonho de um intercâmbio na Alemanha é uma vitória. Não apenas a universidade é incrível, mas também as pessoas são muito receptivas e sempre estão dispostas a ajudar, além do país que sempre me surpreende com sua história, organização e eficiência. Todos deveriam ter essa oportunidade. Tenho muito a agradecer por todo o apoio da minha família e do Laboratório SCPM nessa jornada”, afirma a estudante.



Texto: Assessoria de Comunicação e Imprensa
Edição: Celiana Perina
Fotos: acervo pessoal
Última atualização: 18/05/2017