Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Com o projeto Plantando Sonhos, alunos apresentam peça e lançam livro

Com o projeto Plantando Sonhos, alunos apresentam peça e lançam livro

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 14/12/2015 10h05, última modificação 26/04/2016 18h53

A peça teatral “Histórias da Vila”, resultado do projeto Plantando Sonhos desenvolvido na Escola Estadual Prof. José Romão, localizada no bairro Vila Rezende, em Piracicaba, será apresentada hoje, 14, às 18h, no Salão Nobre do Colégio Piracicabano. O projeto Plantando Sonhos é realizado pela Coordenadoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Unimep, em parceria com alunos e docentes do curso de pedagogia e com a equipe do Núcleo Universitário de Cultura da Unimep. As oficinas teatrais são realizadas pelo Grupo Andaime de Teatro da Unimep. A entrada para o evento é gratuita e aberta à comunidade.

Na sequência, ocorre também o lançamento do livro “Plantando Sonhos – Teatro na Escola” com desenhos e contos desenvolvidos pelos estudantes participantes do projeto. A edição do livro também contou com o apoio da Associação Cultural Arte Garapa.

Desenvolvido desde 2003 em escolas da rede municipal de ensino de Piracicaba e região, o Plantando Sonhos propicia o contato e a relação mais consciente do educador e do educando com o teatro e o fazer teatral, por meio da apropriação crítica e construtiva de conteúdos sociais. De acordo com o coordenador dos grupos de teatro da Unimep, Antonio Chapéu, a partir da iniciativa, professores e alunos desenvolvem uma pesquisa sobre a história e a cultura do bairro onde a escola está inserida.

“A pesquisa traz subsídios para as primeiras improvisações e montagem da peça. Os professores participam de estudos sobre a história do teatro e de reflexões sobre o papel da arte na educação”, detalha.

RESULTADOS

Segundo Chapéu, dentre os resultados que o programa proporciona aos alunos estão o aumento do interesse em participar ativamente das diferentes atividades propostas, maior confiança e liberdade para expor as ideias; aquisição de outras formas de linguagem para expressar pensamentos; contribuição para a formação de um ambiente mais agradável, acolhedor, democrático, crítico e solidário, onde a aprendizagem ocorre de forma dinâmica e significativa; ampliação da capacidade de compreensão da linguagem teatral e, por consequência, das linguagens artísticas.

Texto: Angela Rodrigues
Fotos: Divulgação/Bob Calligaris
Edição e Coordenação: Celiana Perina
Última atualização:  14/12/2015

registrado em: