Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Cresce participação de unimepianos no Salão Universitário de Humor

Cresce participação de unimepianos no Salão Universitário de Humor

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 01/08/2013 11h06, última modificação 26/04/2016 18h50

A cada nova edição do Salão Universitário de Humor da Unimep, cresce o número de trabalhos assinados por alunos da Unimep. Para se ter uma ideia, neste ano, dentre os 62 trabalhos de autoria de artistas gráficos brasileiros selecionados para a etapa final do evento, 17 foram criados por unimepianos. Os desenhos foram avaliados por profissionais da área de humor gráfico de várias regiões do Brasil, identificados apenas por meio de numeração. 

Desse total, a maior parte é de autoria de alunos do curso de graduação tecnológica em design gráfico da instituição: 13 trabalhos. Segundo o coordenador do curso, o docente Renato Elston, a intenção é associar cada vez mais a cultura e a tradição do humor gráfico da Unimep e de Piracicaba com a graduação. “O curso de design gráfico oferece a disciplina ilustração, arte e design que aborda em seu conteúdo programático o desenho de humor, onde são desenvolvidos, entre outros  trabalhos, a caricatura, a charge e o cartum. Dessa forma, anualmente, temos visto cada vez mais trabalhos de nossos alunos inscritos no Salão”, aponta ele. 

Inovação – Alexandre Polastri Neto, 26, estudante do 5° semestre de design gráfico, teve cinco trabalhos selecionados para concorrer à premiação no salão: três caricaturas, uma charge e uma arte voltada ao tema ambiental. “O Salão de Humor é aquela escada rolante que está só esperando você pôr os dois pés nela. Por mais que você não seja premiado, se o seu trabalho for selecionado, o retorno, por menor que seja, é garantido”, afirma Neto.  

Para o presidente do Salão Universitário de Humor da Unimep, o professor Camilo Riani (foto), os trabalhos selecionados tiveram “muita qualidade e apresentaram técnicas bastantes inovadoras, como a minimalista que se utiliza de poucos traços para produzir uma figura”, detalha ele. Foi o caso da arte apresentada pela estudante Alessandra dos Santos Nardelli, 18, do 4° semestre de design gráfico. Ela retratou a personagem Chiquinha, do seriado mexicano Chaves, com apenas o contorno dos óculos, pintas das bochechas e os cabelos divididos e amarrados nas laterais. 

Outro estudante do 4° semestre de design gráfico que também participou do salão foi Fernando Oliveira Bueno, 19. Ele conta que, ao decidir participar, desejou provar para si mesmo que seria capaz de ter seu trabalho selecionado. “O Salão Universitário de Humor da Unimep é um dos salões mais bem vistos mundialmente. Piracicaba é uma grande referência no humor gráfico. Como diria o artista gráfico Ziraldo (Ziraldo Alves Pinto): ‘Vale do Cartum’. Poder provar para mim mesmo que conseguiria ser selecionado foi um dos fatores que me motivou a participar, além de ter a oportunidade de mostrar o meu trabalho para o público e poder conversar sobre meus desenhos com profissionais da área”, conta Bueno. 

Além deles, o salão também contou com a participação de estudantes de fisioterapia, ciências biológicas e publicidade e propaganda da instituição. Dentre eles, o aluno do 9° semestre de fisioterapia, Felipe Mateus Favarin, 25, que teve dois trabalhos selecionados. “O salão é uma oportunidade para mostrar meus desenhos e minhas ideias. Além de poder apreciar as belas artes de outros artistas”, aponta Favarin. Em suas criações, ele apresentou o Facebook como manipulador e brincou com a expressão “macacos me mordam”.


Texto: Larissa Molina
Caricatura: Alessandra dos Santos Nardelli
Fotos:
Fábio Mendes
Edição de texto: Angela Rodrigues
Última atualização: 01/08/2013

registrado em: