Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Cursos de engenharia da Unimep apresentam inovações para 2017

Cursos de engenharia da Unimep apresentam inovações para 2017

por Angela Rodrigues publicado 09/10/2016 09h00, última modificação 10/11/2016 10h49

Oito cursos da área de engenharia e a graduação química industrial (bacharelado) da Unimep tiveram a proposta pedagógica reformulada. Entre as novidades estão o não oferecimento de aulas aos sábados; alterações na matriz curricular e, ainda, redução no valor da mensalidade. Os cursos reestruturados são engenharias civil; de alimentos; de controle e automação; de produção; elétrica; mecânica; química e também química industrial (bacharelado), todos da Faculdade de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo (Feau). A reformulação integra uma prática da universidade de rever propostas para alinhada com as novas demandas da sociedade. As medidas entram em vigor para novas turmas a partir do 1º semestre de 2017.

Além disso, os estudantes que, a partir do próximo semestre, optarem por esses cursos para o período matutino terão aulas nesse turno até o 4º semestre. A partir do 5º semestre, todos serão transferidos para o período noturno. O diretor da faculdade, prof. Antonio Godoy, conta que essas inovações são práticas comuns de acompanhamento da evolução dos avanços tecnológicos.

Dentre as mudanças estão: a alteração da matriz curricular com a atualização das ementas e programas de ensino; a readequação das metodologias de ensino para as orientações de atividades supervisionadas; a aplicação de ferramentas da tecnologia da informação para formar profissionais com qualificação ainda mais adequada às novas necessidades das empresas e a utilização da educação à distância com disciplinas semipresenciais. “A própria diretriz curricular nacional dos cursos de engenharia define que a instituições de ensino devem reduzir o tempo em sala de aula e favorecer o trabalho individual e em grupo”, conta o diretor.

Mensalidades – Já em relação aos valores das mensalidades, os cursos de engenharia terão mensalidades a partir de R$ 900 (alunos do período diurno até o 4º semestre) e de R$ 1.240 (noturno). O valor da mensalidade de química bacharelado para os novos alunos será de R$ 578 (diurno até o 4º semestre) e R$ 804,00 (noturno). A reestruturação será válida apenas aos alunos que ingressarem a partir do primeiro semestre de 2017. “No entanto, a direção da faculdade avaliará as possibilidades de migração da matriz atual (2016) para a nova (2017) aos alunos que solicitarem transferência interna”, afirma Godoy.

O campus Santa Bárbara d´Oeste é considerado polo de alta tecnologia. Os estudantes dispõem de 30 laboratórios de ponta para práticas educacionais e desenvolvimento de projetos de pesquisas. Nesse campus, destaca-se ainda o Laboratório de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura (SCPM), que mantém convênios com universidades e instituições alemãs. “Atender às necessidades das empresas da região, que se constitui num mercado altamente competitivo e de ponta, nos exige trabalhar com metodologias de ensino cada vez mais inovadoras, constantemente, e que incluem a relação aluno e docente”, destaca o prof. Godoy.

ANOTE – Para mais informações acesse: unimep.edu.br ou unimep.br/vestibular ou ligue para: (19) 3124-1785.


Texto: Assessoria de Comunicação Unimep
Edição: Celiana Perina
Fotos: acervo
Última atualização: 09/11/2016