Você está aqui: Página Inicial / Notícias / DCE da Unimep conquista vitórias

DCE da Unimep conquista vitórias

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 08/07/2013 16h45, última modificação 26/04/2016 18h50
“Não concordamos com a frase ‘o gigante acordou’. Nunca estivemos dormindo”. É com essa frase que o estudante Rafael Lacerda, 24, aluno do 10º semestre do curso de direito e atual presidente do DCE (Diretório Central dos Estudantes) da Unimep, mostra como a entidade representou o direito dos estudantes. O aumento da tarifa de transporte público em Piracicaba foi anunciado no fim de 2012 e desde então, os representantes do DCE começaram a se movimentar contra o ato. “Nós fomos às ruas para lutar pela revogação desse aumento e pela meia passagem estudantil. Com a eleição da nova diretoria do DCE, em abril, iniciamos a articulação de um projeto de lei pela meia-passagem em Piracicaba”, conta Lacerda.

Segundo ele, os universitários da Unimep estão presentes nestes movimentos: “a participação dos estudantes sempre foi elevada e teve uma grande repercussão pelas redes sociais”, detalha ele. O universitário também conta que, para conseguir uma maior participação nos movimentos, representantes do DCE e das demais entidades estudantis foram às ruas. “Passamos de sala em sala nas universidades e também em escolas públicas”, afirma. Além da participação dos alunos, as manifestações também reuniram docentes.

Direitos – Para Josué Adam Lazier, coordenador de Extensão e Assuntos Comunitários da instituição, o envolvimento é importante. “Eles evidenciam o compromisso com as questões que envolvem a cidade e o direito das pessoas. E os discentes, quando se envolvem nas questões que provocam ações e políticas públicas, estão exercendo a cidadania”, afirma Lazier.

Além de participar nas manifestações, no final do mês de junho, os representantes do DCE também foram a Brasília reivindicar 10% do PIB (produto interno bruto) brasileiro para a educação, e conseguiram a aprovação deste projeto na Câmara dos Deputados. “O texto agora vai para o Senado, para apreciação”, conta Lacerda, que emenda: “além desta pauta central, temos pautas internas, referentes à qualidade e condições de permanência na Unimep”.

Atualmente, o DCE trabalha na coleta de assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular da meia passagem. “Já contamos com quatro mil adesões, tendo em vista não só ampliar o índice de gratuidade para 50%, como também, consolidar em lei, enquanto direito dos estudantes”, conta Lacerda. Além dele, a diretoria do DCE é formada por mais de 20 representantes, dentre eles, o aluno do 8º semestre de direito, André Quilles, 22, e Jéssica Casarim, 22, que cursa o 7º semestre de administração.

Como destaca Lacerda, a experiência de representar os alunos não é uma tarefa fácil “É grande a complexidade, são várias as áreas do conhecimento e perfis das pessoas que estão aqui. É preciso ter a abertura para o diálogo”, conclui.

 
Texto: Jéssica Rodrigues
Fotos: Fábio Mendes
Edição de texto: Angela Rodrigues
Última atualização: 08/07/2013
registrado em: