Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Dedicação leva unimepiana de nutrição à realização profissional

Dedicação leva unimepiana de nutrição à realização profissional

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 26/11/2014 10h21, última modificação 26/04/2016 18h51

A vivência e a experiência profissional de 13 anos como nutricionista só foram capazes de fortalecer ainda mais o “brilho nos olhos” de Camila Rodrigues da Costa, 35. Desde a adolescência, ela sonhava em poder contribuir com a sociedade por meio de trabalho com alimentos e tudo o que eles podem fazer pela saúde das pessoas, principalmente no tratamento de pacientes. Graduada em nutrição pela Unimep em 2001, Camila é assessora técnica da Nestlé Health Science, onde ingressou em 2008, e é o destaque da série Ouro da Casa, que apresenta trajetórias de ex-alunos da universidade.

No mesmo ano em que concluiu a graduação, Camila iniciou a especialização em nutrição clínica-hospitalar em hospital geral pela Universidade de São Paulo, no Hospital das Clínicas de São Paulo. Em 2002, assumiu o serviço de nutrição do Hospital Evangélico de Sorocaba, local em que, por cinco anos, foi técnica e nutricionista responsável pela clínica e atendimento aos pacientes.

Novos desafios a levaram a atuar como nutricionista clínica no segmento comercial e em 2007, ela ingressou na empresa Empório Hospitalar, distribuidor do laboratório Danone, onde ficou por um ano. “Devido ao trabalho que realizei na região de Sorocaba, fui convidada pela gerente da Nestlé Nutrition para participar do processo seletivo e fui aprovada. Iniciei meu trabalho na Nestlé em outubro de 2008. Realizo a geração de demanda dos nossos produtos para a área de nutrição hospitalar, como dietas enterais e suplementos orais e desenvolvo treinamento na área de nutrição aos nossos clientes e parceiros”, conta ela. Saiba mais sobre a trajetória da unimepiana:

Unimep – Por que escolheu nutrição?

Camila – Por paixão mesmo. Desde o ginásio sempre quis fazer nutrição. Minha família sempre valorizou a alimentação saudável e em ambiente familiar e isto me trouxe grandes valores.

Unimep – Qual foi o principal desafio profissional?

Camila – Entendo que, para chegar onde estou hoje, é preciso se preparar e gostar do que faz. Sempre senti paixão, sempre tive “brilho nos olhos” pela profissão e quando enfrento alguma deficiência no trabalho, busco me aperfeiçoar. Então, tudo foi acontecendo naturalmente. Além disso, gosto de aprender, me estimula saber que tenho desafios para ultrapassar e, para isso, é preciso se preparar e se aperfeiçoar de forma a entregar sempre mais do que é solicitado.

Unimep – Quais são as três condições essenciais para um nutricionista no início da profissão?

Camila – Ter ética, estudar muito para se ter argumento quando for questionado por outro profissional, e a busca pelo diferencial por meio do estudo.

Unimep – Como está o mercado de trabalho nesta área atualmente?

Camila – É muito animador. Basta ser um profissional diferenciado (com outros idiomas, cursos extracurriculares) e ético. Sendo alguém que mostra resultado em seu trabalho, o mercado é amplo. Observo que existe dificuldade de encontrar profissionais capacitados.

Unimep – Por que escolheu a Unimep e o que a universidade significa em sua trajetória?

Camila – A Unimep sempre foi conceituadíssima neste curso e significa minha realização profissional. Se não fosse o ensino que a universidade me forneceu e a preparação dada para o mercado de trabalho não teria atingido minha felicidade e orgulho em ser nutricionista.

Unimep – Quais são as lembranças do período como universitária?

Camila – São as melhores possíveis. Foi um período de muitas descobertas não somente na profissão, mas como pessoa. É um período de amadurecimento. Sinto saudades dos professores, das aulas nos laboratórios, de cada descoberta em como podemos ajudar o paciente e do estágio. Também sinto saudades do pão de queijo, das viagens que fiz quando iniciei as aulas (viajava de Sorocaba para Piracicaba diariamente, fui morar em Piracicaba somente no último ano). Enfim, sinto saudades da Unimep como um todo. Aliás, tenho orgulho de ser Unimep!

Texto: Angela Rodrigues
Fotos: acervo pessoal
Edição/coordenação: Celiana Perina
Última atualização: 27/11/2014

registrado em: