Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Docentes da Unimep orientam sobre investimentos financeiros

Docentes da Unimep orientam sobre investimentos financeiros

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 24/01/2011 10h50, última modificação 26/04/2016 18h46

Quanto mais cresce a expectativa de vida da população brasileira, mais se adia a aposentadoria. Daí o fato de especialistas avaliarem como uma importante alternativa o investimento em previdência privada aberta. Nesse sistema, se deposita um valor mensal que rende juros, para resgatar no futuro. Esta é uma forma de substituir ou complementar o valor da aposentadoria pública. Para isso, quanto antes iniciar o investimento, melhor. 

“Normalmente são os pais que realizam previdência para seus filhos, estes, por sua vez, podem optar em resgatar os valores ou continuar pagando”, afirma o professor de ciências econômicas da Unimep - Universidade Metodista de Piracicaba, Francisco Constantino Crócomo (foto acima)

Para Crocomo, não existe uma regra que indique o melhor valor para se investir. Primeiramente é necessário pagar as dívidas, gastar o que é preciso para ter uma vida digna e então, investir para o futuro. Já de acordo com o coordenador do curso de administração da Unimep, professor Cleber Folharine Mazzolini (foto abaixo), quanto maior o valor das parcelas investidas, menor o tempo para se atingir o montante desejado.

OPÇÃO 

Existem pessoas que preferem administrar o próprio dinheiro e reservar uma parte para aplicações. Esta é uma forma de se fazer a própria previdência. Crocomo afirma que, para esse tipo de investimento é necessário muito controle e firmeza.  Já o professor do curso de ciências econômicas da Unimep, Valdir Iusif Dainez, qualquer investimento é importante para se ter, no futuro, uma boa renda.

“Não necessariamente investiria em previdência privada, há outras maneiras, como investimento em ações que são mais rentáveis e cumprem papel semelhante”, diz. Ele afirma que os dividendos pagos - a parcela do lucro de uma empresa distribuída aos seus acionistas - possibilitam um fluxo de renda no futuro.

DICAS 

Aos  que têm interesse em realizar investimentos e garantir uma renda extra, cabe consultar grandes agências bancárias para se informar e, como indica o professor Mazzolini, verificar quais oferecem melhores condições, menores taxas de administração e melhor rentabilidade. 

Não existe um padrão de renda indicado para se viver bem futuramente, isso varia de indivíduo para indivíduo, portanto a escolha do valor a ser investido é uma decisão particular.

Segundo Crócomo, pessoas que tem gastos supérfluos precisam de uma renda maior. “A dica é saber gastar para que a vida seja mais tranquila. E isso significa gastar em bens e serviços úteis para sua vida e de sua família”, destaca


Texto: Larissa Molina 
Edição: Celiana Perina
Fotos: Fábio Mendes
Última atualização: 24/01/2011

registrado em: