Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Documentário produzido pela TV Unimep e Salão Universitário de Humor concorre ao prêmio Troféu HQ MIX

Documentário produzido pela TV Unimep e Salão Universitário de Humor concorre ao prêmio Troféu HQ MIX

por Angela Rodrigues publicado 08/08/2019 08h00, última modificação 09/08/2019 22h49

O documentário “Salão Internacional de Humor de Piracicaba”, produzido ano passado pelas equipes da TV Unimep e do Salão Universitário de Humor da universidade, é um dos projetos finalistas da 31ª edição do Troféu HQ MIX. Conhecido como o Oscar dos Quadrinhos e a maior premiação do segmento no país, o Troféu HQ MIX é realizado pelo Sesc São Paulo em parceria com Associação dos Cartunistas do Brasil, Instituto Memorial de Artes Gráficas, Groisman, Jal & Gual.

A premiação reúne 28 categorias diferentes em que se enquadram as obras, encaminhadas para júri nacional, que seleciona os finalistas.

O documentário produzido na universidade, finalizado em três meses, se enquadra na categoria “Produção para outras Linguagens” que abriga o uso de mídias diferenciadas. 

A premiação ocorre no Sesc Pompéia em 15 de setembro, às 17h. Mais de mil trabalhos inscritos concorrem nessa edição do Troféu HQ MIX.

DOCUMENTÁRIO – Produzido pela TV Unimep e Salão Universitário de Humor da Unimep, o projeto foi sugerido pelo coordenador do salão e professor da Unimep, Camilo Riani, para retratar o evento que é simbólico na capital do humor gráfico, Piracicaba. Riani conta que o programa surgiu a partir de discussões entre representantes da universidade à época, com as equipes do Salão Universitário e TV Unimep.

Primeiramente exibida no programa Em Foco, da TV Unimep, a obra propõe a cobertura da 45ª edição do Salão Internacional de Humor em Piracicaba de 2018, por meio de linguagem descontraída, inclusive com a utilização de memes. O documentário é dividido em blocos temáticos separados com peças gráficas do artista Riani.

Além de charges, cartuns, quadrinhos e caricaturas, o documentário conta com a participação de alguns dos artistas mais importantes artistas do humor brasileiro, como Sérgio de Magalhães Gomes Jaguaribe, os irmãos Caruso, o escritor Luiz Fernando Veríssimo, Jaguar e o comediante da TV Globo, Fernando Caruso (na foto).

O documentário é permeado por divertidas revelações sobre histórias e bastidores do Salão Universitário de Humor da Unimep. “O formato deixou o documentário descontraído, na linha das nossas incontáveis conversas de cartunistas, noite adentro”, conta Camilo Riani, escolhido para comandar a apresentação. “Mas tudo com filtro. Afinal, besteirol é o que não falta nas discussões entre artistas do humor”, afirma o caricaturista, que também destaca a atuação de Fernando Caruso, filho de Chico, na cerimônia de abertura do evento.

 “Como o professor Camilo Riani é um artista gráfico, pensamos que ele poderia mediar as entrevistas, falando de seu lugar enquanto artista. Nosso projeto foi deixar o documentário como um registro histórico do evento, de maneira leve e extrovertida”, conta a coordenadora da TV Unimep, Danielle Moura Formaggio.

O projeto conta com o apoio do Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação de Humor Gráfico de Piracicaba (CEDHU), a Associação dos Amigos do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (AHA) e Erasmo Spadotto.

O documentário pode ser conferido na íntegra aqui: https://www.youtube.com/watch?v=9ZOj-LOqnMM

 

Texto: Daniela Borges
Edição: Angela Rodrigues
Fotos: acervo pessoal Camilo Riani
Última atualização: 31/07/2019