Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Educação física: proposta diferenciada para formar professores

Educação física: proposta diferenciada para formar professores

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 09/11/2011 11h33, última modificação 26/04/2016 18h48

Preparar profissionais para lecionar para turmas de educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, além de instituições públicas e privadas. Essa é a proposta da licenciatura em educação física da Unimep, oferecida há 40 anos. Entre os diferenciais estão os laboratórios de ponta, essenciais para as vivências corporais. Outro destaque é o corpo docente, composto em sua maioria, por mestres e doutores. “Nosso grupo está sempre  atualizado com a produção científica”, ressalta Clauberto Costa (foto ao lado), coordenador do curso. 

O professor de educação física oferece às crianças, aos adolescentes e aos jovens, oportunidades de vivência da cultura corporal a partir do esporte. “Conhecendo e descobrindo seu corpo em movimento, a pessoa adquire gosto pela prática do exercício físico. Com esse contato, poderá adotar para sua vida uma das formas prazerosas de manter a saúde equilibrada”, destaca Costa. 


PROFISSÃO

O profissional licenciado capacita-se para atuar no planejamento, desenvolvimento e avaliação de procedimentos pedagógicos em esportes, ginásticas, danças, lutas e atividades físicas. A profissão é fundamentada em novas tendências da pedagogia da educação física escolar, com  propostas diferenciadas que permitem novas experiências nas atividades esportivas. \"Com uma brincadeira lúdica, podemos atingir e despertar o gosto pela prática esportiva\", diz o aluno do 6º semestre, César Francisco Manesco, 33. 

Camila Bruzasco de Oliveira, 22, aluna do 6º semestre, no início do curso  envolveu-se em um projeto de iniciação científica para ministrar aulas para crianças em escolas de ensino infantil. Ela conta que a experiência foi apaixonante. “Espero continuar trabalhando na área, ajudando a melhorar a qualidade de vida das crianças de Piracicaba”,  afirma. 

O fato de poder aliar o conhecimento da prática da atividade física com a possibilidade de educar para um futuro melhor, levou Marina Donato Crepaldi (foto abaixo), 28, a optar pelo curso de licenciatura. “A educação física permite o contato direto com o próximo, a partir de  ações preventivas e educativas”, fala a aluna, que está no 6º semestre.


FORMAÇÃO 

A unimepiana Priscila Lima Ferreira, 26, formada em 2007  no curso de educação física plena e em 2010, no mestrado em educação física, conta que as possibilidades disponíveis no mercado de trabalho são muitas, mas é preciso que o profissional tenha diferenciais para garantir seu espaço. Atualmente, ela é funcionária da Secretaria de Educação da Prefeitura de Piracicaba e também professora universitária. 

Priscila, que afirma ter sido uma aluna estudiosa e curiosa, tem ótimas lembranças dos tempos de universitária. “Hoje participo, como colaboradora, de um núcleo de pesquisa na Unimep. Tenho muito a agradecer a todos que participaram e possibilitaram a minha formação. Gostei muito de estudar nesta universidade”, destaca. 


Entrevistas e texto: Elaine Pereira
Fotos: Fábio Mendes e arquivo pessoal
Edição/jornalista responsável: Celiana Perina
Última atualização: 09/11/2011

registrado em: