Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Estudantes apresentam resultados de pesquisa dos intercâmbios

Estudantes apresentam resultados de pesquisa dos intercâmbios

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 04/01/2011 13h39, última modificação 26/04/2016 18h46

Os seis universitários de graduação e pós-graduação da Universidade Metodista de Piracicaba – Unimep, mais um profissional formado pela Unimep, participam de intercâmbios e estágio em universidades na Alemanha e Itália, por meio do Laboratório de Sistemas Computacionais para Projetos e Manufaturas (SCPM). O grupo conta em entrevistas os principais resultados obtidos nas experiências. 

O laboratório está vinculado à Faculdade de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo (Feau) e é coordenado pelo professor do curso de pós-graduação em engenharia de produção Klaus Schützer. No local são desenvolvidas várias atividades de ensino e pesquisa na área de engenharia e tecnologia, algumas por meio de parcerias e convênios com instituições internacionais. 

O grupo é composto pelos alunos de graduação Carlos Eduardo Ribeiro Rodrigues, 21, do 8º semestre de engenharia de controle e automação e que está na Universidade Técnica de Berlim, Alemanha; Christian Marcelo Venancio de Cico II, 24, do 7º semestre de engenharia de produção, Isis Rafael Abbud, 23, aluna do 10º semestre de engenharia de produção e Daniel Loureiro Neto, 23, do 10º semestre de engenharia industrial mecânica, os três atualmente residentes em Darmstadt, Alemanha e participantes de pesquisas na Universidade Técnica de Darmstadt. 

Além deles, também estão no exterior o doutorando e professor da Unimep Antonio Álvaro de Assis Moura, 44, integrado ao projeto FedMan (Federative Factory Data Management), da Universidade Técnica de Darmstadt; Erik Gustavo Del Conte, 28, aluno de doutorado sanduíche do curso de engenharia de produção da Universidade Técnica de Berlim e Maria Célia de Oliveira Papa, 39, doutoranda em engenharia de produção, que permaneceu de março a julho na Universidade Técnica de Berlim, Alemanha. Completa o grupo Carlos Alberto de Souza Barroso, 25, graduado em engenharia de controle e automação pela Unimep, atualmente estagiário da empresa Cattaneo Impianti Automação Industrial, e residente em Lomazzo, Itália.

RESULTADOS 

Artigos produzidos para revistas nacionais e internacionais, para eventos, bem como para o aperfeiçoamento dos projetos são alguns dos principais resultados apontados pelos pesquisadores. Del Conte retorna em fevereiro do próximo ano e Moura, na segunda quinzena de janeiro, ambos trazendo resultados positivos à instituição. Moura conta que a pesquisa na sua área de atuação avançou muito no período. 

“Conseguimos publicar um artigo para um congresso no Canadá e outro no Simpósio de Engenharia de Produção (Simpep). Outros dois artigos foram produzidos e aguardam aprovação”, afirma. Já Del Conte, vinculado ao projeto Holistic Optimization of Sculptured Surfaces Manufacturing (HoliMan), destaca a produção de artigos nacionais e internacionais, além da apresentação do projeto no evento Bragecrim Meeting, ocorrido em outubro em Berlim.

A criação de um ambiente virtual 3D de uma mini fábrica, utilizada em aulas de engenharia foi um dos principais resultados do trabalho de Christian de Cico II, que retorna ao país em fevereiro de 2011 “O ambiente possibilita um \"tour\" virtual ao ambiente, a apresentação em outros locais e em aulas à distância”, detalha. Maria Célia também retornou satisfeita com os resultados alcançados. 

“Tínhamos de cumprir metas semanais. Para o Holiman, foi um período bastante produtivo, porque além de fazer os experimentos, elaboramos as versões iniciais para dois artigos. No doutorado, pude analisar o funcionamento de alguns sistemas de medição alemães, porque são equipamentos um pouco mais sofisticados”, detalha.

DO OUTRO LADO 

Daniel Loureiro, que chegou à Alemanha em agosto, conta que o fato de ter que gerenciar sozinho os compromissos traz enorme desenvolvimento. “Passei a ter mais responsabilidades, o que me trouxe amadurecimento”, afirma. Para ele, o maior desafio é dominar o idioma. Também residente na Alemanha desde março, Carlos Eduardo Ribeiro Rodrigues destaca que a cultura foi o fator que mais que o influenciou. Uma experiência para toda a vida, é como resume seu estágio o aluno Carlos Alberto de Souza Barroso. “Profissionalmente, a oportunidade ajudará a conquistar um bom emprego no Brasil, já que é um diferencial para o currículo”, avalia. 

O estágio também é sinônimo de crescimento cultural. Barroso já conheceu Milão, Roma, Verona, Pisa, Cittadella, Veneza, Torino e, até o final do ano, pretende visitar Paris, Londres e Amsterdam. Ele afirma que o povo italiano lembra muito o povo brasileiro. “É um povo acolhedor e bem amigo. Além disso, as italianas aqui são lindas! Eu já me apaixonei umas dez vezes!”, brinca.

Texto: Angela Rodrigues
Edição: Celiana Perina
Fotos: Fábio Mendes e divulgação 
Última atualização: 04/01/2011

registrado em: