Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Estudantes de direito são aprovados em concurso do TRE

Estudantes de direito são aprovados em concurso do TRE

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 24/04/2014 11h58, última modificação 26/04/2016 18h51
Os universitários Giovani Mengatto de Oliveira, 19, e Milena Margutti Moretin, 22, alunos respectivamente dos 3º e do 9º semestres do curso de direito do campus Lins da Unimep foram aprovados nas primeiras colocações do concurso de seleção de estagiários do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), promovidos nos municípios de Getulina e Lins. Oliveira alcançou o 1º lugar do concurso do TRE, na zona eleitoral 160º de Getulina, distante aproximadamente 23 quilômetros de Lins, São Paulo. Já Milena foi a primeira colocada no concurso da cidade de Lins.

O concurso teve apenas uma etapa aplicada no dia 9 de março, com prova escrita, com questões de português, direito constitucional e direito eleitoral. Com o resultado, os estudantes assumiram os cargos de estagiários no órgão, função que ocupam desde início de abril.

ATRIBUIÇÕES

O estudante conta que dentre as principais atribuições assumidas com o cargo estão atendimento ao público e encaminhamentos de documentos para o juiz. Ele acrescenta que para alcançar a aprovação participou de distintos simulados na internet relacionados ao conteúdo programático. Para Oliveira, o curso da Unimep também colaborou para o desempenho obtido.

“A Unimep é uma instituição na qual é transparente o interesse que o professor tem que seus alunos aprendam, as matérias são complexas que, porém os professores nos ensinam de uma forma facilita o entendimento. Grande parcela dessa aprovação devo aos mestres do curso do direito, tenho orgulho de ser aluno”, afirma ele. Já Milena detalha que além de atendimento ao público, com a aproximação das eleições, no mês de outubro, também irá desempenhar atividades na expedição de correspondência. A universitária conta que estudou por conta própria, mas acrescentou que o conteúdo aprendido na universidade ajudou na aprovação.
“Principalmente, a matéria eleitoral que engloba conhecimentos de direito constitucional”, afirma a estudante.



Texto
: Angela Rodrigues
Fotos: divulgação
Edição/coordenação: Celiana Perina
Última atualização: 24/04/2014

registrado em: