Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Festivais 60’s: A Era de Ouro é atração no Teatro Unimep

Festivais 60’s: A Era de Ouro é atração no Teatro Unimep

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 28/10/2008 12h08, última modificação 26/04/2016 18h45

Promover um resgate histórico dos festivais de música brasileira, que marcaram época nos anos 60 e lançaram músicos e compositores aclamados até hoje, como Chico Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil, é a principal proposta do espetáculo cênico-musical “Festivais 60’s: A Era de Ouro”, que será apresentado na próxima sexta-feira, dia 31, às 20h30 no Teatro Unimep. A realização é uma parceria entre a companhia de teatro de São Pedro, Cia. Pró-cênica e a cantora Patrícia Moreno.

O espetáculo, composto por sete atores e oito músicos, promete resgatar o pensamento da época, que tinha como pano de fundo a censura de um regime autoritário e a veia criativa dos artistas. De acordo com o responsável pela direção teatral, Barbosa Neto, a peça reproduz o cotidiano da década de 60 por meio das encenações dos atores, das interpretações musicais e da projeção de imagens da época. A montagem conta com esses três elementos, que juntos, possibilitam uma verdadeira viagem ao tempo.

Dentre as representações, ganham espaço as discussões em bares, típicas do período, e as disputas entre as torcidas durante os festivais. Já a composição sonora traz clássicos como “Arrastão”, “A Banda”, “Disparada”, “Domingo no Parque”, “Roda Viva”, “Alegria, Alegria”, “Travessia”, “Sabiá”, “Pra não Dizer que não Falei das Flores” e “Divino Maravilhoso”, músicas que marcaram as edições dos festivais. 


FICHA TÉCNICA

Integram o elenco, André Stennico, Joseane Bigaran, Karina Degaspari, Maria Trevisan, Michel Seadini, Tiago de Luca, Vitor Medina, Raiana, Patrícia Moreno, Pedro Trindade, Everton Nardini, Sérgio Nappi, Kleber Tertuliano. Há ainda a participação especial de Flavio Vieira e Zé Rubens Trevisan. A direção teatral é assinada por Barbosa Neto e a direção musical por Patrícia Moreno e Pedro Trindade. A autoria do texto é de André Albino. A projeção visual fica por conta de Karina Degaspari. Como responsável pelo figurino está Maria Trevisan; pela arte gráfica Gabriel Medina; como aderecista Anilene Torrezan e a produção é assinada por Patrícia Moreno, Barbosa Neto e Maria Trevisan.

ANOTE – A Cia. Pró-cênica apresenta no Teatro Unimep o espetáculo cênico-musical “Festivais 60’s: A Era de Ouro”, no dia 31, às 20h30. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (meia). Informações: (19) 3124-1603. 

Texto e edição: Assessoria de Imprensa Unimep
Foto: divulgação

Última atualização: 28/10/2008

registrado em: