Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Iniciação Científica da Unimep recebe moção de aplausos da Câmara de Piracicaba

Iniciação Científica da Unimep recebe moção de aplausos da Câmara de Piracicaba

por serjey.martins1 publicado 29/06/2022 05h00, última modificação 29/06/2022 10h27

O Programa Institucional de Iniciação Científica da Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), iniciado no ano de 1992, recebeu, no dia 23 de maio de 2022, Moção de Aplausos da Câmara de Vereadores de Piracicaba pelos 30 anos de existência. A placa da homenagem foi entregue pelo vereador Pedro Motoitiro Kawai (foto, no meio) à diretoria da Unimep, representada pelo reitor Ismael Forte Valentin (foto, à esquerda), a diretora de graduação, pós-graduação e pesquisa Marlene Aparecida Moreno (foto, no meio), e o coordenador administrativo Michael Adorno (foto, à direita).

Homenagem marcada pela emoção

Para a professora Marlene Moreno, a homenagem é justa e merecida: “ficamos muito felizes, considerando que a Unimep é uma das poucas instituições particulares que prioriza a pesquisa, além do ensino e a extensão. Desde a graduação, por causa do Programa de Iniciação Científica, os alunos têm contato com a pesquisa e são inseridos nesse universo. Essa oportunidade é que faz muitos alunos seguirem para o mestrado e o doutorado”.

“A sensação de abraçar o quadro da homenagem foi muito boa, fiquei emocionada. Eu queria levar ele logo embora (risos). Estou vinculada à pós-graduação e à pesquisa há mais de 14 anos e esse é um Programa muito sério. Temos o Comitê Científico Interno da Instituição, vinculado ao CNPq, que hoje possui 44 bolsas ativas. Além disso, também somos avaliados por um Comitê Científico Externo do próprio CNPq, que mede a qualidade do programa e nos permite dar bolsas para esses alunos e manter a qualidade do projeto. Isso demonstra a excelência do Programa e mostra que estamos no caminho certo”, contou Marlene.

Importância histórica para a educação

O pontapé inicial para o Programa de Iniciação Científica foi dado pela equipe de reitoria da Unimep de 1992, que aproximou a universidade do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Essa aproximação viabilizou bolsas de estudo para a execução dos trabalhos científicos que viriam a ser desenvolvidos no Programa. Consequentemente, permitiu durante os anos de sua existência a formação de mestres e doutores que fortaleceriam o ensino e a pesquisa na região de Piracicaba.

A equipe da reitoria de 1992 era composta pelos professores Almir de Souza Maia (reitor), Ely Eser Barreto César (vice-reitor acadêmico), e Gustavo Jacques Dias Alvim, que também foi vereador e presidente da Câmara Municipal de Piracicaba.

Já no ano de 1993, ocorreu o 1º Congresso de Iniciação Científica da Unimep, evento que colocou em evidência todas as pesquisas realizadas pelo Programa de Iniciação Científica até aquele momento e alicerçou o projeto para os anos seguintes.

 

Texto: Serjey Martins/Assessoria de Comunicação da Unimep
Fotos: Fabrice Desmonts / acervo pessoal da professora Marlene Moreno
Última atualização: 01/06/2022