Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Iniciativas para a inclusão social são promovidas na Unimep

Iniciativas para a inclusão social são promovidas na Unimep

por Angela Rodrigues publicado 01/08/2016 08h00, última modificação 14/09/2016 12h07

São várias as iniciativas desenvolvidas pela equipe da Assessoria para Inclusão e Acessibilidade da Unimep para oferecer ao profissional com deficiência ambiente acessível, além de estimular o debate interno sobre temas ligados à inclusão. Uma delas ocorre ao longo do mês: é a ação Setembro Verde, que busca dar visibilidade à causa das pessoas com deficiência. Para participar da campanha, toda a comunidade unimepiana pode vestir peça de roupa na cor verde em todas as sextas-feiras de setembro.

Além dessa campanha, outras ações empreendidas no setor também buscam incentivar o debate sobre inclusão, sobretudo no que se refere ao mundo da formação acadêmica e o da atuação profissional. Na perspectiva da inclusão no mercado do trabalho, Tânia Scaranello, coordenadora da Assessoria para Inclusão e Acessibilidade, destaca a Lei 8.213/91, conhecida como Lei de Cotas, e a Lei de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015). “Embora tenha havido avanços na legislação brasileira para com a pessoa com deficiência, o “olhar assistencialista” que foi dado ao processo precisa ser superado, por meio da implementação de programas de gestão que possam efetivamente perpetuar a cultura de inclusão na realidade do nosso país. O nosso objetivo está principalmente focado em romper com esse viés, a partir de ações que possibilitem a transformação deste profissional em um sujeito autônomo para o exercício pleno de sua cidadania”, afirma. Dentre os vários projetos, está o apoio ao Departamento de Recursos Humanos para desenvolver uma política de recrutamento, seleção e contratação de pessoas com deficiência para as áreas administrativas ou acadêmicas. “A proposta é que a comunidade entenda que o setor exista para ajudar e colaborar”, afirma ela. Nesse sentido, docentes ou técnico-administrativos que tenham algum tipo de deficiência e gostariam de saber se podem ser incluídos no quadro de cotas, podem procurar a equipe do setor médico. Mais informações no ramal 1592.