Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Laboratório SCPM recebe novos equipamentos

Laboratório SCPM recebe novos equipamentos

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 23/12/2013 10h09, última modificação 26/04/2016 18h50

Alunos de distintos cursos de graduação e de pós-graduação de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo (Feau) da Unimep contam com novos equipamentos para utilização nos projetos de iniciação científica e atividades desenvolvidas no Laboratório de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura (SCPM), no campus Santa Bárbara d´Oeste. Adquiridos a partir de recursos recebidos da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) para os projetos FedMan e HoliMan, do Programa Bragecrim, os equipamentos são um Laser Metrológico Renishaw XL80, seis hardwares, dos quais três são notebooks Workstation.

LASER

Obtido por meio do projeto HoliMan, coordenado pelo docente Álvaro Abackerli, o Laser Metrológico Renishaw XL80 é utilizado para ações de inspeção e medição. De acordo com o coordenador do Laboratório SCPM, o docente Klaus Schützer, a aplicação do equipamento é muito ampla na área de metrologia. “Ele é muito preciso para fazer uma calibração ou uma inspeção de erros de uma máquina de medir por coordenadas”, afirma ele.

Schützer acrescenta que o equipamento também será empregado nas demonstrações das aulas dos cursos de engenharia. Segundo destaca o coordenador, das universidades particulares da região de Santa Bárbara d´Oeste, apenas a Unimep conta com este equipamento para as aulas e projetos de pesquisa.

WORKSTATION

Já os hardwares Workstation, que contam com recursos adicionais, também serão utilizados pelos alunos de graduação nos projetos de pesquisa do laboratório, dentre eles o da fábrica virtual, resultado de um convênio de cooperação técnico-educacional com a Volkswagen de São Carlos. Segundo Schützer, com as novas aquisições, os estudantes passam a contar com equipamentos e sistemas de ponta existentes também em empresas como Caterpillar e General Motors, Mercedes Benz. 

“Os estudantes têm ao menos um semestre e, em alguns cursos, dois semestres, usando estes sistemas”, afirma. Segundo ele, o contato e utilização destes novos equipamentos permitem um diferencial na formação dos universitários. “Os alunos saem com uma formação muito mais completa”, destaca ele.

Texto: Angela Rodrigues
Fotos: Fábio Mendes
Coordenação/edição de texto: Celiana Perina
Última atualização: 23/12/2013

registrado em: