Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Lembranças e sentimentos ganham vida em exposição de Denise Storer

Lembranças e sentimentos ganham vida em exposição de Denise Storer

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 24/10/2009 17h19, última modificação 26/04/2016 18h45

Lembranças pessoais, como cenas vivenciadas do cotidiano, extraídas de paisagens de Piracicaba e dos próprios sentimentos foram retratadas pela artista piracicabana Denise Storer na exposição Doces Recordações. A iniciativa inédita, composta por 43 aquarelas, será aberta neste sábado, 24, no hall prédio administrativo do campus Taquaral da Unimep.
O impressionismo predomina nas aquarelas. As visitas podem ser feitas até 5 de novembro e a entrada é gratuita. 

Como todas as exposições que promove são temáticas, Doces Recordações não foge à regra. Nela, a artista destaca sentimentos que remetem a importantes lembranças. Nesse sentido, nesse recorte de sua trajetória há telas que retratam visitas a familiares, que a permitiram conhecer locais como a praia do Gunga, em Maceió (AL); o Vale do Sol em Serra Negra, São Paulo, e um recanto em Atibaia. 

Além desses temas, constam na iniciativa, imagens do cotidiano e de pontos turísticos de Piracicaba, como a curva do rio Piracicaba e a Rua do Porto. As obras, que variam de tamanho entre 25x35 cm e 40x50 cm, traduzem delicadeza e sensibilidade. O motivo? Segundo ela, as telas não são grandes para não influir na delicadeza da pintura. “As aquarelas são delicadas, sensíveis, um meio de expressão transparente e no qual você precisa ser rápido, por causa da secagem das tintas”, destaca.

CARREIRA GLORIOSA

Denise Storer é piracicabana, autodidata e ingressou na pintura ainda criança. Ao longo de sua carreira, foi premiada com medalhas de ouro, prata e bronze em salões de arte. Entre os destaques estão a medalha de ouro no Salão de Belas Artes em Piracicaba (2003); o prêmio aquisitivo recebido no Salão Paulista de Belas Artes (2002) e o prêmio aquisitivo entregue pela Câmara Municipal de Piracicaba, no Salão de Belas Artes (2007). O reconhecimento mais recente de Denise foi o fato de ter uma obra selecionada para o Salão de Belas Artes de Ribeirão Preto deste ano. O salão é um dos mais concorridos do país e une 13 artistas nacionais. Denise é a única representante piracicabana. Além de prêmios, ela também possui obras espalhadas pelo Brasil e países como Suíça, Portugal, Espanha, França, Estados Unidos e Inglaterra.

Edição e texto: Assessoria de Comunicação e Imprensa
Fotos: Fábio Mendes
Última atualização:24/10/2009

registrado em: