Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Lidar com o diferente é rotina para aluna de licenciatura letras inglês da Unimep

Lidar com o diferente é rotina para aluna de licenciatura letras inglês da Unimep

por Angela Rodrigues publicado 19/01/2017 05h00, última modificação 19/01/2017 11h55

Entender e aprender como lidar com diferentes situações em uma sala de aula é um dos ensinamentos que Ana Luisa Beraldo Cyrino, aluna do 4º semestre do curso letras inglês da Unimep, vai levar da graduação para a sua trajetória profissional. Ela, que estuda para ensinar o idioma inglês, considerado essencial no mercado de trabalho, é a entrevistada da série Profissão Professor. Na entrevista, Ana Luisa fala sobre a profissão, a educação no Brasil e os desafios da área em que irá atuar. Confira os melhores trechos:

Acontece Unimep – Por que você escolheu ser professora de letras inglês?
Ana Luisa
– Tive a oportunidade de morar fora do país, então tenho bom conhecimento da língua. Além de ter ajudado alguns colegas com a matéria, enquanto estava no colegial, acabei criando gosto por lecionar. Com a motivação de parentes e professores, optei por esse curso.

Acontece Unimep – Qual é a sua inspiração/motivação para lecionar?
Ana Luisa – Tenho vários professores em minha família, incluindo meu pai e minha irmã, que sempre foram inspiração para mim. Sempre admirei a profissão e o papel do professor na vida de seus alunos.

Acontece Unimep – Qual é o seu maior desafio no ensino de letras inglês?
Ana Luisa – Creio que é manter o interesse do aluno nas aulas. Hoje em dia, a facilidade que as pessoas têm para obter informações e aprender sufocam um pouco os professores que estão sempre tentando atualizar seus materiais para conseguir manter o interesse de alunos em sala. Aumentar a interação na sala de aula, sem perder o foco e deixar a aula monótona é o maior desafio.

Acontece Unimep – Que recado gostaria de enviar aos seus alunos?
Ana Luisa – Gostaria de dizer para que não se “escondam” em sala. Quanto mais interesse os alunos mostram, mais gosto o professor tem por lecionar a aula. Algo que todos professores gostam e agradecem é a participação ativa em sala, seja durante atividades ou com propostas criativas para as próximas aulas.

Acontece Unimep – O que falta na educação brasileira hoje?
Ana Luisa – A falta de motivação dos alunos. Hoje, nos encontramos em uma balança: de um lado, alunos desinteressados e com preguiça de aprender. De outro, professores desmotivados a ensinar pela falta de procura e vontade em seus alunos. Ambos os lados precisam reagir para que haja uma mudança na educação brasileira.

Acontece Unimep – Até o momento, quais foram as principais contribuições da Unimep para a sua formação como professora?
Ana Luisa – A ampla visão sobre a escola. As aulas me proporcionaram diversas maneiras de encarar e lidar com o sistema educacional utilizado no Brasil. Creio que, muitos dos possíveis obstáculos que o professor pode obter, não são discutidos com a devida profundidade no dia a dia, criando profissionais despreparados para o mercado. Na Unimep, estou tendo a oportunidade de entender e aprender como lidar com diferentes situações que posso encarar futuramente em uma sala de aula.

 


Texto e entrevista: Angela Rodrigues
Edição: Celiana Perina
Fotos: divulgação
Última atualização: 12/01/2017