Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Mais de 200 alunos da Unimep participam do projeto Educar na Praça

Mais de 200 alunos da Unimep participam do projeto Educar na Praça

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 12/09/2008 12h16, última modificação 26/04/2016 18h45

Na prática de atividades voltadas à cidadania, a Unimep atuou na sexta-feira, 12, como uma das entidades parceiras do projeto Educar na Praça. Do evento, realizado na praça José Bonifácio, região central de Piracicaba, participaram aproximadamente 200 estudantes das graduações vinculadas à Faculdade de Ciências da Saúde e dos cursos de química e biologia da Faculdade de Ciências Exatas e da Natureza. A iniciativa inédita foi idealizada pela Fundação Cosan e aberta à comunidade, com o objetivo de promover ações sociais, históricas e culturais à população. 

Entre as orientações prestadas pelos estudantes com a coordenação dos docentes, houve a realização de testes de flexibilidade e de resistência muscular localizada, realizadas pelos quase 40 alunos do curso de educação física. Segundo João Paulo Borin, professor de mestrado em educação física da Unimep, o atendimento teve como objetivo oferecer os serviços à população e integrar os discentes permitindo a prática do aprendizado teórico. 

“São as mesmas atividades desenvolvidas nos laboratórios, mas a experiência do atendimento comunitário sempre é diferente e enriquecedora. Os dados colhidos hoje permitirão traçar um perfil da população piracicabana por meio dos testes”, conta Pamela Gomes, aluna do mestranda em educação física. Uma das atendidas foi a jovem Rosalina Tuani, 16, que passava por acaso no local e resolveu participar. “Achei válido, porque é uma prestação de serviços e gratuita. Vim por curiosidade e valeu a pena”, afirmou. 

Já o aposentado João Aparecido Alves, 54, optou pelo atendimento de aferição de pressão arterial, prestado pelos alunos de enfermagem da Unimep. “Vim de Limeira para participar e irei fazer outros testes também”, contou. Além da aferição, os alunos de enfermagem simularam um atendimento de urgência e emergência, com a supervisão de Vera Lúcia Osinaga, coordenadora do curso de enfermagem. 

Integraram o evento Educar na Praça com orientações na área da saúde, estudantes de fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição e farmácia. Alunos de biologia e química participaram com oficinas e experimentos. As outras entidades participantes foram o Serviço Social da Indústria (Sesi), Enfermap Colégio Técnico, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais.

Texto: Angela Rodrigues
Fotos: Fábio Mendes

Última atualização: 12/09/2008

 

registrado em: