Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Nos ritmos da dança para o bem-estar do corpo e da alma

Nos ritmos da dança para o bem-estar do corpo e da alma

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 22/12/2014 14h32, última modificação 26/04/2016 18h52

Aperfeiçoar aspectos biológicos e fisiológicos, ajudar no controle de peso, desenvolver a coordenação motora, o ritmo, a postura e aumentar a socialização são alguns dos benefícios que todos, independente de idade e tipo físico, podem alcançar com a dança. O relato é de Marcelo de Castro Cesar, professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano (PPGCMH), e de Luciana Bróglio, docente de educação física e doutoranda do PPGCMH. Cesar foi um dos docentes do curso Nos Ritmos da Dança, promovido em outubro, em que falou sobre bases bioenergéticas aplicadas à dança. Em entrevista à equipe de reportagem da Unimep, os professores destacaram os benefícios da dança para o corpo e alma. Confira os melhores trechos da entrevista:

Unimep Já – O que são bases bioenergéticas e como elas podem ser aplicadas à dança?
Docentes - Bioenergética é o estudo das transformações de energia que ocorrem nos seres vivos. O conhecimento das respostas que ocorrem no organismo das pessoas durante a dança permite que sejam elaborados programas de exercícios físicos que a utilizem para melhorar a aptidão física e saúde. Existem vários tipos e ritmos, de modo que a dança pode ser um exercício moderado ou vigoroso.

Unimep Já – Que características podem ser aperfeiçoadas com a dança e em quanto tempo ocorre?
Docentes - Como toda atividade física nova a ser praticada, é necessário um período de adaptação, tanto da técnica quanto do condicionamento físico. Os benefícios podem ser percebidos após as primeiras semanas, mais acentuadamente a partir de três meses.

Unimep Já – Como a dança pode ser uma forma de autoconhecimento?
Docentes - O corpo é um canal de comunicação, por meio dele você pode refletir e expressar ideias, percepções, dificuldades e bloqueios. O ser humano se relaciona interagindo com o meio à sua volta; assim a dança é uma forma de exercício físico que atua como uma preciosa ferramenta que não utiliza palavras e sim movimentos com o trabalho corporal envolvendo som, gestos, dinâmica, ritmo, emoção, música e até mesmo o silêncio.


Texto: Angela Rodrigues
Fotos: Fábio Mendes
Edição/coordenação: Celiana Perina
Última atualização: 30/12/2015

registrado em: