Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Pare, Ouça e Pense: projeto reúne jovens em momentos de inspiração

Pare, Ouça e Pense: projeto reúne jovens em momentos de inspiração

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 19/05/2015 15h05, última modificação 26/04/2016 18h52

Alguns dias durante a semana, no intervalo das aulas, em meio ao barulho das pessoas pelos corredores, há um grupo de jovens felizes reunidos na Capela do campus Taquaral da Unimep. Eles integram o projeto da Pastoral Universitária e Escolar POP – Pare, Ouça e Pense. A iniciativa é antiga, mas esse nome foi escolhido em 2015, com a entrada do pastor André Luís Noé (foto ao lado), 40, bacharel em teologia pela Universidade Metodista de São Paulo. Ele coordena os encontros que acontecem na Capela do Taquaral, às segundas-feiras, das 20h50 às 21h10 e às terças-feiras das 9h10 às 9h30. No campus Centro ocorrem às quartas-feiras, das 20h50 às 21h10.


Noé ressalta que entende a relação com o projeto como a de um pai e seu filho. Ele conta que o POP consiste em um breve momento de celebração de 20 minutos com oração, cânticos e mensagem baseada em texto bíblico. “É uma oportunidade de compartilhar a Cristo e os valores que ele nos transmitiu”,  diz Noé.

O resultado na vida das pessoas tem sido positivo. Diz que cada vez mais alunos participam. “Acreditamos que a palavra de Deus, ao ser anunciada tem transformado e fortalecido a vida daqueles que estão conosco”, destaca.  Os encontros do POP são abertos e não é necessária inscrição.
 

OPINIÃO


Entre os participantes, Daniella Padovani, do 5º semestre de negócios internacionais, conta: “frequento semanalmente; sempre quando tem alguma reunião do POP somos avisados por meio dos grupos nas redes sociais e cada semana aumentam os frequentadores. O POP não prega nenhuma religião. As reuniões são muito boas e possibilitam reflexão, distração e união com pessoas que buscam paz.”

Ariane Barros, do 5º semestre de direito, disse: “é um momento no qual eu paro tudo, desacelero e tenho meu instante com Deus na universidade; sou eternamente grata. Sem contar as amizades que fiz. Acredito que um dia na semana seja pouco, gostaria que tivéssemos pelo menos mais uma reunião.”


Na opinião de Daniel Rodrigues, do 5º semestre de sistemas de informação, o projeto  ajuda a ter mais comunhão. Ele não vê motivos para mudanças na estrutura, mas diz que outras divulgações e apresentações ajudariam a mais pessoas participar.

Já Gabriela Padovani, do 5º semestre de fisioterapia, conta que conheceu o projeto por meio de um rapaz que cantou na Arena Unimep e que também frequentava o POP. Agora, ela vai sempre que pode e diz que isso é uma forma de se aproximar de Deus. As partes que mais gosta são os momentos com músicas religiosas, que trazem para ela um sentimento de paz.

Texto: Serjey Martins
Foto: Bob Calligaris
Coordenação/edição de texto: Celiana Perina
Última atualização: 19/05/2015

 

registrado em: