Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Projeto NI/Comex Feliz 2013 doará brinquedos à Guiné-Bissau

Projeto NI/Comex Feliz 2013 doará brinquedos à Guiné-Bissau

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 18/06/2013 10h34, última modificação 26/04/2016 18h50

Os 15 anos de existência da área de negócios internacionais da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) serão comemorados também com a realização de ações solidárias. Trata-se do projeto NI/Comex Feliz 2013: Missão Guiné-Bissau, de cunho filantrópico e voluntário, que doará brinquedos novos a cerca de mil crianças da Guiné-Bissau, país localizado na costa ocidental da África. A meta mínima é exportar um contêiner com capacidade de 33,2m³, com a possibilidade de preencher, ainda, um único contêiner de 67,7m³, conforme o número de doações.  A exportação está prevista para a segunda quinzena de outubro. A ação é promovida pelos cursos de negócios internacionais e tecnologia em comércio exterior da FGN (Faculdade de Gestão e Negócios) e recebe apoio dos cursos de relações internacionais, letras (inglês e licenciatura em inglês), da Assessoria para Assuntos Internacionais da universidade e de empresas da região. Além destes, a população também pode auxiliar com doações. Para isso, é necessário entrar em contato pelos e-mails rcsimoes@unimep.br, m.polis@emmeconsult.com ou rogerio.cruz@tsmp.com.br

O projeto NI/Comex – Feliz 2013: Missão Guiné-Bissau foi apresentado oficialmente para empresários de Piracicaba e à comunidade em geral, durante sessão ocorrida na manhã desta última segunda-feira, 17, na Câmara de Vereadores de Piracicaba. O local foi escolhido pelo fato de a iniciativa contar também com o apoio do vereador Pedro Cruz. Além de empresários, participaram do encontro: o reitor da Unimep, o professor Gustavo Jacques Dias Alvim; os docentes da Unimep, Regina Célia Simões e Mário Pólis, coordenadores da iniciativa, e também Rogério Cruz, organizador. “A iniciativa, além de ser muito criativa, é um dos projetos acadêmicos atualmente voltados ao fortalecimento da internacionalização da Unimep. Na universidade, essa área existe desde 1993 (com a criação da Assessoria para Assuntos Internacionais), e atualmente vem sendo reforçada, com o oferecimento de mais programas de intercâmbios e parcerias aos alunos, como o programa Ciências sem Fronteiras. Por meio deles, os estudantes têm a oportunidade de conhecer outras culturas e outros países” mencionou o reitor, o prof. Gustavo Alvim.

“O projeto irá promover a intersecção entre o conteúdo teórico visto na matriz curricular e a prática de um processo de exportação, abordando desde assuntos estruturais, como contatos com embaixadas e o governo de Guiné-Bissau, até estudos e legalização do produto. Além disso, apresentará, aos alunos e todos os outros envolvidos, a necessidade do respeito à cultura do próximo, bem como a valorização ao ser humano, uma vez que o curso não se resume às atividades de caráter lucrativo, mas também à criação de eventos que promovam a solidariedade e a ajuda internacional”, aponta Mário Pólis, docente no curso de MBA em negócios internacionais da Unimep e um dos organizadores da iniciativa. Já segundo a coordenadora dos cursos de negócios internacionais e comércio exterior, Regina Célia Simões, “projetos sociais sempre foram uma preocupação para a área de negócios internacionais da universidade, bem por isso, é tradição do curso promover ações como essa. A missão Guiné-Bissau, além de permitir que o aluno coloque em prática a teoria contextualizada em sala de aula, também desenvolverá valores humanos”, aponta a docente.

As doações serão realizadas nas comunidades Ilha de Pecixe, Antotinhe, Bissum Naga, Biambe, Enterramento, São Paulo, Cumura, região de Biombo (Quinhamel e Ilondé) e a regiçao de Tombali (Sector de Catió), bem como na Maternidade de Bom Samaritano de Ondame e nos hospitais pediátricos Simão Mendes e Bór.

APOIO – Orçado em cerca de R$ 60 mil, o projeto receberá apoio da Emme – Consultoria em Negócios Internacionais para assessoria técnica em legislação aduaneira, da Logway Cargo International para o despacho aduaneiro de exportação, do Grupo Quadix que dará o apoio financeiro e das empresas Ki-Tok Brinquedos e Ki-Legal Brinquedos, responsáveis pelo fornecimento dos brinquedos. Além destas corporações, o projeto também conta com o apoio do vereador de Piracicaba, Pedro Luiz da Cruz (PSDB), e da secretária de cultura de Nova Odessa, Regina Pokay, os quais auxiliam na formalização e promoção do projeto.

Legenda foto: Os professores organizadores do projeto, à partir da esquerda, Regina Simões, coordenadora dos cursos NI e comércio exterior da Unimep;  Rogério Cruz, que também participa da ação, e Mário Polis, um dos idealizadores da iniciativa.

 
Texto: Larissa Molina
Fotos: Fábio Mendes
Edição de texto: Angela Rodrigues
Última atualização: 18/06/2013

registrado em: