Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Projeto Olhares terá gravação de programa para TV

Projeto Olhares terá gravação de programa para TV

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 04/04/2016 11h26, última modificação 26/04/2016 18h45

O Projeto Olhares, criado em 2004 pelo técnico do laboratório de recursos audiovisuais da Unimep, Rober Caprecci, tem o objetivo de ouvir histórias de fotógrafos piracicabanos além do campo profissional, traz também histórias de vida. Para expandir essa iniciativa até escolas públicas e outros setores da sociedade, acontece, no próximo dia 7 de abril, às 19h, no Auditório Verde, bloco 2, do campus Taquaral, a gravação do programa de TV Olhares, com a presença de diversos fotógrafos e especialistas nos temas: fotojornalismo, fotografia no cinema e fotografia social. A entrada é gratuita e o evento é aberto a toda a comunidade.

Os fotógrafos convidados são: Alessandro Maschio, Claudinho Coradini e Lucas Jacinto, para debater fotojornalismo; Beto Oliveira, Celso Viviani, Marcos Sousa (Sassá) e Moacir Gibin, para falar de fotografia no cinema; e Antonio Perez, Aristeu Victor, Cadú Brito, Carlos Oliveira, Edson Rossini, Jefferson Palladino, Luiz Toledo e Marcelo Libardi para discutir fotografia social. Haverá ainda música ao vivo com a banda convidada Mississipi Jazz Band. A apresentação do programa será feita pela jornalista Gabriela Ferraz.

CONCEITO

Segundo Caprecci, o Projeto Olhares foi evoluindo desde a sua criação. “A ideia inicial, em 2004, era produzir um documentário sobre profissionais da fotografia em Piracicaba. Essa ideia ficou de molho por quatro anos. Mas apenas com esse gênero não daria para contemplar muitos profissionais. Mudei então o segmento e resolvi produzir um programa onde pudesse ouvir, a cada episódio, histórias dos fotógrafos. Além do profissional, a proposta é trazer também o ser humano, histórias do cotidiano, histórias das famílias, a relação com a cidade e com as imagens. A partir dos primeiros programas, percebi que poderia fazer desses conteúdos um banco de histórias e, futuramente, exibi-las em escolas públicas para as novas gerações. A proposta é mostrar quem são esses profissionais que contam histórias através de imagens”, ele conta.

A importância do fotógrafo profissional, numa era onde todos capturam imagens, é também comentada por Rober. “Hoje, a tecnologia traz o momento do registro a todos. Mas a linguagem empregada em uma imagem vai além da tecnologia. Ela vem carregada de cultura, de informação, de estudo, de sentimento, de personalidade, de conceito. São vários segmentos que um olhar aguçado da realidade pode trazer. São nesses pontos em que, talvez, o olhar profissional consiga se sobressair do senso comum. O ato de apertar o dedo no momento onde aquela imagem se eternizará vem com uma bagagem intelectual e de vivência”, destaca.

ANOTE - Gravação do programa de TV Olhares.  Dia 7, às 19h, no Auditório Verde, bloco 7, campus Taquaral. Evento aberto e com entrada gratuita.
 

Texto: Serjey Martins
Fotos: Rober Capreci/Lucas Jacinto
Última atualização: 04/04/2016

registrado em: