Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Projetos do NUC são contemplados pelo Fundo de Apoio à Cultura

Projetos do NUC são contemplados pelo Fundo de Apoio à Cultura

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 08/05/2012 16h16, última modificação 26/04/2016 18h48

O Livro Andaime 25 Anos e o Canto Coral vai à Escola, projetos culturais vinculados ao NUC – Núcleo Universitário de Cultura da Unimep, foram contemplados com verbas do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) – que garante recursos financeiros para a disseminação e a realização de movimentos culturais e artísticos na sociedade brasileira-, da Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac). Este ano, o órgão recebeu mais de 70 projetos inscritos do município de Piracicaba. Ao fim do concurso, foram contemplados dez grupos com variados projetos, que receberam o valor de R$ 60 mil cada órgão para desenvolver suas atividades culturais. 

O Canto Coral vai à Escola conta com a participação de dois grupos de canto coral da Unimep: o Apepú-Yami, do campus Taquaral, e o Realejo, do campus Centro. Eles se uniram nesse projeto com o objetivo de levar música aos jovens que vivem em bairros da periferia por meio da difusão cultural. “A missão do Canto Coral vai à Escola é levar música de qualidade para os jovens que não têm contato com manifestações culturais, os despertando assim, de certa forma, para a cultura”, destaca Joanice Vicente Casemiro, regente do Coral Universitário da Unimep e coordenadora do projeto. 

O Livro Andaime 25 anos é um projeto coordenado por um dos fundadores da companhia de teatro Andaime, Antonio Chapéu, que convidou o professor Alexandre Mate, docente do Instituto de Artes da Unesp (Universidade Estadual Paulista), para escrever um livro sobre a trajetória do Andaime, que completa nesse ano seu 25º aniversário. 

“Convidei o professor Alexandre Mate para escrever o livro sobre o Andaime devido à experiência como pesquisador e crítico da área teatral, sendo um dos pesquisadores do Núcleo Nacional e Regional de Pesquisadores de teatro de rua e crítico do Prêmio Shell de Teatro”, conta Chapéu. 

O objetivo do livro, além de retratar a história do grupo teatral, é mostrar aos leitores, as pesquisas que a trupe fez e tem feito sobre a cultura piracicabana.

Texto: Júnior Campos  
Fotos: Fábio Mendes
Coordenação/jornalista responsável: Celiana Perina
Última atualização: 08/05/2012

registrado em: