Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Sentimentos de euforia e saudade marcam as cerimônias de formatura

Sentimentos de euforia e saudade marcam as cerimônias de formatura

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 21/01/2010 17h30, última modificação 26/04/2016 18h46

De um lado a recompensa pelo esforço de concluir uma etapa, e ainda para a alguns, também de muita luta. De outro, a sensação de saudade das horas dedicadas aos estudos, das novas experiências vivenciadas e amizades construídas. Essa dualidade de emoções integra um dos momentos mais marcantes dos universitários: o encerramento da vida acadêmica. Na Unimep, até abril deste ano,  1.500 alunos participam das solenidades de formatura. 

Para se ter uma idéia, no campus Taquaral, até fim do processo terão ocorrido 31 cerimônias de cursos distintos oferecidos nos campi Taquaral, em Piracicaba, e em Santa Bárbara d´Oeste. Já no campus Lins, serão duas solenidades. 

EXPERIÊNCIA 

Patrícia Favoretto Moraes, 21, que participou da formatura da turma de biologia da Unimep em dezembro, afirma que o que lhe mais trará saudade será a convivência com os amigos. “Mas ao mesmo tempo vejo como a conquista de uma etapa. Agora, pretendo trilhar outros caminhos ao lado da família e dos amigos que permanecerão”, destaca. Em relação às expectativas para o futuro, pretende continuar trabalhando e permanecer na vida universitária, dessa vez, por meio do curso de pós-graduação. 

Também entre os estudantes que passaram por essa etapa está a recém-formada Liane Teresinha Rocha Duarte Bosquilia, 50, que também concluiu a graduação de filosofia da Unimep em dezembro. Ela conta que chegar até o final foi uma vitória. “Foi uma realização conseguir encerrar essa etapa, esse sonho, mas sentirei falta do convívio no ambiente da universidade, além dos amigos”. No entanto, a exemplo de Patrícia, suas expectativas para o futuro também incluem a permanência na universidade. “Ingressarei como aluna especial para o curso de mestrado em educação”, destaca.

MOMENTOS ETERNOS  

Para Vânia Eugênia Teixeira, responsável pela organização das solenidades, ensaios e realização dos cerimoniais das formaturas da Unimep, é visível o clima de euforia. “Ao mesmo tempo em que eles se sentem satisfeitos por concluírem essa etapa, enfatizam as saudade que terão do tempo como universitário. Apesar da facilidade de comunicação atual, nem sempre é possível reunir novamente a turma. E nas ocasiões que isso ocorre, sempre há a ausência de colegas. O tempo vivido aqui é visto como os melhores anos de suas vidas”, destaca ela. 

Edição e texto: Assessoria de Comunicação e Imprensa
Fotos: Fábio Mendes 
Última atualização: 21/01/2010

registrado em: