Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Tese demonstra necessidade de mudança no transporte de cargas do país

Tese demonstra necessidade de mudança no transporte de cargas do país

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 18/05/2012 15h30, última modificação 26/04/2016 18h48

Apesar de o Brasil ser um dos países com menores índices de emissão de CO2 (dióxido de carbono) energético por habitante, a participação relativa das emissões do setor de transportes é uma das mais elevadas do mundo. Por isso, a necessidade de maior utilização das ferrovias e hidrovias e menor dependência das rodovias, para que ocorra a racionalização e redução das
emissões de CO2. Os dados são resultado da tese de José Manoel Ferreira Gonçalves, que concluiu, em fevereiro, o doutorado em engenharia de produção pela Unimep.

TESE

Intitulada Cenários Possíveis Para o Transporte de Açúcar e de Contêineres para o Porto de Santos Visando à Redução das Emissões de Gases de Efeito Estufa, a tese e pesquisa de Gonçalves abordaram a questão ferroviária. “O setor de transportes mundial vai dobrar o uso da energia até 2050 e mais que dobrar as emissões de CO2. Para diminuir essas emissões,
será necessário reduzir o ritmo de crescimento da utilização de combustível. Para isso, se faz necessária uma maior eficiência energética, bem como alterações estruturais na matriz de transportes de uma forma geral e, em particular, nos deslocamentos de cargas”, afirma o pesquisador.

Texto: Assessoria de Comunicação e Imprensa
Fotos: L. Bassette e divulgação
Coordenação/jornalista responsável: Celiana Perina
Última atualização: 18/05/2012

registrado em: