Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Um ano de estudos em Darmstadt - Alemanha

Um ano de estudos em Darmstadt - Alemanha

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 01/02/2011 11h44, última modificação 26/04/2016 18h46

Daniel Loureiro Neto, 23, do 11º semestre do curso de engenharia industrial mecânica da Unimep,  participa desta 2ª matéria que compõe a série de entrevistas, publicada sempre às terças-feiras, com histórias de alunos da Unimep que participam de projetos de pesquisa em outros países.  Neto permanecerá na Alemanha, onde desenvolve pesquisas na Universidade Técnica de Darmstadt (TU Darmstadt) até agosto.
 
A oportunidade é fruto de uma parceria entre a instituição alemã e o Laboratório de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura (SCPM) da Unimep. O setor é coordenado por Klaus Schützer, docente do curso de pós-graduação em engenharia de produção. Confira os melhores trechos:

Acontece Unimep – O que essa experiência internacional trará para você profissionalmente e pessoalmente?
Neto – Irá agregar muito em meu currículo profissionalmente, pois além de estudar em umas das melhores universidades da Alemanha, tenho a oportunidade de aprender um idioma que é muito difícil. Na parte pessoal, preciso saber fazer um pouco de tudo, desde o fato de fazer as tarefas de casa e as da universidade. O fato de ter que gerenciar completamente os compromissos traz um enorme desenvolvimento. As responsabilidades trouxeram amadurecimento.

Acontece Unimep – O que mais atraiu sua atenção no país até o momento?
Neto – Foi o povo alemão. Além de ser muito educado, é um povo muito atencioso e simpático. Se alguém precisar de uma informação para chegar em determinado lugar, pode-se perguntar para as pessoas na rua, pois elas irão explicar detalhadamente o caminho. Outro fato que me chamou muita a atenção é o de quase todos os alemães falarem inglês. Isso foi muito impressionante para mim.

Acontece Unimep – Em relação aos estudos na Alemanha, qual é o principal desafio a ser enfrentado?
Neto – É falar muito bem o alemão, pois é um idioma muito difícil.

Acontece Unimep – Qual foi o maior aprendizado nesse período?
Neto – Acredito que foi o fato de ter que administrar sozinho os compromissos. Além de ter evoluído muito no idioma alemão, pois hoje consigo me comunicar bem com as pessoas.


Edição e texo: Assessoria de Comunicação e Imprensa
Fotos: acervo pessoal 
Última atualização: 25/01/2011

registrado em: