Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Unimepiano se torna o 2º juiz federal trabalhista de Piracicaba

Unimepiano se torna o 2º juiz federal trabalhista de Piracicaba

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 25/03/2015 14h13, última modificação 26/04/2016 15h52

Vilson Antonio Previde, 34, pós-graduado em direito  do trabalho e direito processual do trabalho na Unimep, tomou posse do cargo de Juiz Federal do Trabalho, no último dia 12, no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 15ª região, em Campinas. Ele é o 2º piracicabano a alcançar esse feito, precedido apenas pelo unimepiano, da primeira turma de direito, Luiz Antonio Lazarim, que é atualmente desembargador federal do trabalho.

O magistrado se graduou em 2005 na Unimep e, no ano de 2009, concluiu a pós-graduação. Em entrevista, disse que era um sonho do seu pai que ele fosse advogado, por isso ingressou no curso, do qual tem boas recordações: “lembro-me do empenho dos professores em ministrar o melhor e maior conteúdo possível e ele me foi útil na medida em que indicou o caminho que deveria trilhar para alcançar meu sonho. Aliás, foi no início do curso que fiquei fascinado por direito do trabalho e me decidi pela magistratura trabalhista”.

Depois de atuar como servidor do TRT, por quatro anos, foi aprovado para o cargo de Juiz Federal do trabalho. “Minha maior dificuldade foi o tempo para estudar. É necessário um estudo intenso e denso, que demanda um tempo que, às vezes, é difícil conciliar com a rotina”, diz Previde.

Agora, se sente grato a Deus e plenamente realizado. Tem por metas ser um ótimo magistrado e, num futuro breve, se tornar professor em um curso de direito para partilhar sua experiência. Para os estudantes, Vilson alerta: “Estudem. O único caminho para se tornar um profissional de excelência no direito é o estudo intenso. Em qualquer carreira que se pretenda, o segredo é o estudo”.

FAMÍLIA

O juiz é casado com Mariane M. F. Previde, 35,  também ex-aluna da Unimep e tem um filho de três anos, Vinícius Previde. O casal começou a namorar durante o curso.

Pós-graduada em gestão estratégica de negócios e graduada em gestão de negócios internacionais, Mariane é gerente do Banco do Brasil. “Me lembro que comecei o curso com dificuldade financeira e que, graças a uma bolsa concedida pela Unimep, consegui  finalizar o curso. Ele me deu uma visão mais ampla sobre administração, ajudando a me tornar a profissional que sou hoje”, conta.

Texto: Serjey Martins
Fotos: divulgação
Edição: Celiana Perina
Data: 25/03/2015

 

registrado em: