Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Unimepianos de Guiné-Bissau mais próximos da formação superior

Unimepianos de Guiné-Bissau mais próximos da formação superior

por Universidade Metodista de Piracicaba — publicado 30/07/2012 17h30, última modificação 26/04/2016 18h48

Cidadãos diferentes unidos pelo mesmo objetivo: ter em mãos o diploma universitário. Esse foi o motivo que trouxe Buomesca Nam Bana, Carmina Cabral, Felisberto Indequem N’Hode, Isaque Nandigna, Levi Simão Intchama, Luis Tuga, Samuel Indjala e Tânia Mariza Betchigue a Piracicaba. Naturais de Guiné-Bissau, país localizado na costa ocidental da África, esses jovens desembarcaram no Brasil em 2009 trazendo nas malas o sonho de  tornarem-se profissionais formados no ensino superior. 

A estada deles na instituição é resultado de um convênio entre a Unimep e a Igreja de Antula-Paal, que concedeu a esses alunos a oportunidade de estudar na instituição com o benefício de bolsas de estudos institucionais no valor de 100% da mensalidade. Mais de três anos após o ingresso na Unimep, as experiências desses alunos se diferem. 

Duas guineenses já se formaram na graduação. Uma delas, Tânia, continua na instituição fazendo pós-graduação. Após a conclusão do curso de gestão de recursos humanos, em 2010, ela iniciou o MBA em gestão e negócios, previsto para ser finalizado em julho. Tânia, que afirma não ter imaginado um dia conhecer uma universidade tão bem conceituada como a Unimep, diz que se sente muito feliz por realizar o sonho de se tornar uma mulher formada. 

“Gosto muito da instituição e minhas experiências têm sido muito boas. Como já adquiri muitas informações com a minha formação, logo quero voltar ao meu país e dar a ele minha contribuição, sempre ressaltando  que a Unimep que é o instituto que me ajudou muito, profissional e pessoalmente”, diz a aluna. 

Os outros seis alunos prosseguem em suas graduações. Para Samuel, que está no 8º semestre de psicologia, a experiência de estudar em outro país é muito boa, pois une a oportunidade de se obter conhecimentos acadêmicos e também conhecer e participar de outra cultura. Quanto à instituição, o aluno diz que não há do que reclamar. 

“Estou achando a Unimep uma excelente universidade, que vem mantendo uma formação de qualidade. Conheço muitos profissionais conceituados que estudaram aqui. Além disso, a instituição tem toda uma estrutura de qualidade que permite ir mais fundo no conhecimento. Exemplo disso, são os laboratórios, o Centro de Estudos Aplicados em Psicologia (Ceapsi) e o Núcleo de Computação”, diz Samuel. 


FUTURO
Luis está no 8º semestre do curso de negócios internacionais e no final do ano planeja ir para Guiné-Bissau para visitar seus familiares de quem a saudade, segundo ele, foi o maior obstáculo enfrentado durante essa experiência. Em fevereiro, Luis planeja voltar para ingressar em um curso de pós-graduação e só depois retornar definitivamente para o seu país.
 
“Após terminar a pós-graduação quero voltar para Guiné-Bissau porque acho que o Brasil já tem muitos formados, enquanto o meu país não. Ainda quero dar minha contribuição para o desenvolvimento”, ressalta.

O CONVÊNIO 

A iniciativa que permitiu que os oito guineenses viessem estudar ao Brasil consiste em uma parceria entre a Unimep e a igreja Antula-Paal, localizada em Bissau, capital do país. Em 2008 foi realizado o vestibular internacional para selecionar os alunos que ingressariam na universidade com bolsas institucionais de 100%. O convênio, que no primeiro instante, previa apenas a isenção das mensalidades tem sido renegociado semestralmente pela Assessoria para Assuntos Internacionais de modo a atender outras necessidades dos alunos. 

“O convênio não previa trabalho aos alunos. Eles deveriam se sustentar, mas quando chegaram aqui, a Unimep acabou incorporando-os como bolsistas. Dos oito, sete trabalharam como bolsistas, e o outro trabalhou em outros lugares”, diz o coordenador da Assessoria para Assuntos Internacionais da Unimep, Marcelo Leite. 


Texto: Elaine Pereira
Fotos: Fábio Mendes
Coordenação/jornalista responsável: Celiana Perina
Última atualização: 30/07/2012

registrado em: